600…

“Liberdade Cultural!”

O vídeo que aqui vos deixo é sobre a discussão que ocorreu em 19Jan2012 na Assembleia da República de Portugal…

Claro está que para quase todos os Deputados e Deputadas o meu desejo é que lhes aconteça durante a sua existência o mesmo que acontece aos Touros… e de preferência apenas por uma questão de Cultura ou Religião…

Aproveito também, e visto que 600 é um número redondo, para vos informar que irei estar desligado da rede durante uns TEMPOS pois irei alterar de prestador de serviço, e como tal não faço ideia quando regressarei…

Até pode ser que perdendo o vício de me expressar na REDE não volte tão cedo…

Fiquem agora com o vídeo do “debate”…

Obrigado a TODOS os que me seguiram durante este curto TEMPO de Alucinação…

335…

O País que temos é do melhor que pode haver…

Com o falecimento de José Saramago, o Governo decretou dois dias de luto nacional, 19 e 20 de Junho de 2010…

Até aqui tudo bem… nestes dois dias a Bandeira Nacional foi hasteada a meia-haste, seguindo as normas legais em vigor… ou será que NÃO?

Pelos vistos todos os organismos públicos e privados que hastearam a Bandeira Nacional a meia-haste cometeram uma ilegalidade pois tinham de ter esperado até ao dia 22 de Junho para então hastearem a Bandeira Nacional nos dias 19 e 20… espero que quem de direito puna os infractores… e afinal a malta das touradas nos Açores tinha razão!

Digam lá se existe melhor País para viver do que este…

335…

O País que temos é do melhor que pode haver…

Com o falecimento de José Saramago, o Governo decretou dois dias de luto nacional, 19 e 20 de Junho de 2010…

Até aqui tudo bem… nestes dois dias a Bandeira Nacional foi hasteada a meia-haste, seguindo as normas legais em vigor… ou será que NÃO?

Pelos vistos todos os organismos públicos e privados que hastearam a Bandeira Nacional a meia-haste cometeram uma ilegalidade pois tinham de ter esperado até ao dia 22 de Junho para então hastearem a Bandeira Nacional nos dias 19 e 20… espero que quem de direito puna os infractores… e afinal a malta das touradas nos Açores tinha razão!

Digam lá se existe melhor País para viver do que este…