692…

REPENSAR O AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGÉNICO

E ainda não é desta… (As vitaminas!)

A seguinte imagem é um complemento de informação para o vídeo que está a seguir a ela… É estranho pensar como é que o Homem conseguiu produzir aqueles aquecimentos globais há +-125.000 anos atrás… E há +-250.000 anos atrás… Devíamos ter sido uma Civilização ultra desenvolvida e altamente apoiada em formas de energia que libertavam ziliões de toneladas de CO2…

Bem, mas melhor que letras, fica então o seguinte vídeo que é bom para elucidar as mentes mais confusas com conceitos e termos relativamente à última moda do mercado capitalista o “Aquecimento Global”…

605…

“Assim… É mais fácil e mais seguro”

O Aquecimento Global Antropogénico…

Significa para a maioria o nosso maior risco imediato de sobrevivência a médio longo prazo…

Como somos uns seres mesmo fantásticos, adquirimos nos últimos anos da nossa existência neste Planeta a capacidade de provocar Alterações Climáticas… e graves se me permitem.

Já tentamos de tudo… Bem tudo não… Só falta isto

Human Engineering and Climate Change

Afirmam os autores deste estudo que “Anthropogenic climate change is arguably one of the biggest problems that confront us today.”

Ponto mais que claro. E como somos nós a causa das alterações climáticas, pela primeira vez em muito tempo, vejo alguém a tentar resolver o problema através da tentativa de alterar a causa.

E que tentativa… Nada mais nada menos que

“Engenharia Genética e Farmacológica aplicada aos Humanos”

E como vamos então tentar obter uns animais humanos mais amigos do Planeta?

Fácil…

1º Pharmacological meat intolerance (Intolerância à carne por via farmacológica)

2º Making humans smaller (Fazer humanos mais pequenos)

3º Lowering birth-rates through cognitive enhancement (Reduzir as taxas de natalidade através da melhoria cognitiva)

4º Pharmacological enhancement of altruism and empathy (Melhoria por via farmacológica de altruísmo e empatia)

Que tal? Gostam ou querem adicionar mais umas soluções?

Nem escrevo mais nada pois para os Aficionados das Alterações Climáticas esta é a prova dos nove… Sugiro que ofereçam o seu corpo e os seus filhos para os testes que por aí vêm. Afinal tudo vale em luta pelo futuro das gerações futuras nesta luta pelas Alterações Climáticas Antropogénicas.

584…

“TUDO DEPENDE DA ILUMINAÇÃO…”

Olá a todos…

Após dias seguidos de ser “Burro a olhar para um Palácio” decidi que quando a coisa não desenvolve o melhor é fazer uma pausa, descansar, olhar para outras paisagens, pensar noutros assuntos… e pode ser que durante a pausa o BURRO que há em mim evolua e lá consiga progredir…

Assim sendo vim até estas bandas…

E para não vos assustar com nenhum tema apocalítico, vou-vos mostrar o que a Iluminação faz pelo nosso rico e adorado e mui estimado Planeta (não é ‘nosso’ mas façamos de conta! ok…)

“Vista nocturna da Península Ibérica”

Só espero que nenhum americano esteja a ler esta mensagem senão já tem que ir ao Google Earth ver onde raio fica a Península Ibérica… a maioria dos tipos são muito egocêntricos!

E que tal? Linda visão… não é?

E é graças a esta nossa capacidade de nos escravizarmos 24 HORAS POR DIA ( e outras tantas à noite!) que conseguimos chegar onde chegamos… aqui!

E é graças à Iluminação, e não só, que o que vão ver a seguir é possível… Bem, é possível segundo alguns, porque segundo outros é tudo treta… Mas também nisto não há novidade nenhuma!

Imagem de satélite de uma zona do Quebec em 1986

Imagem de satélite de uma zona do Quebec em 2004

Que tal? Maravilhoso não é?

Quanto mais intensa for a cor ‘vermelho’ nas imagens… mais vegetação existe… e nesta latitude mais vegetação significa temperaturas mais altas, que provocam menos neve/gelo e a vegetação… zás, cresce e desenvolve-se como uma louquinha… Poderíamos pensar, assim sem grande esforço, que isto é bom… MAS NÃO É… novamente, apenas para uns quantos… Vegetação equivalente a Nojo!

Para estes uns isto é sinal de Aquecimento Global Antropogénico… para uns outros é sinal de Alterações Climáticas que fazem parte do Ciclo do Universo…

Pronto já chega… não vos incomodo com mais e mais palavras!

P.T.: Outro motivo para abrandar é que já ando a ser citado, na integra, e isso não é nada saudável… eheheh

567…

Vão para o Relâmpago que os Fulmine…

Começo a ficar ligeiramente enjoado com este tipo de histeria colectiva em redor das “Alterações Climáticas”…

Se por um lado até serve para me deixar bem disposto, como por exemplo a última COP… A COP-17 já me proporcionou boas gargalhadas…

Por outro lado há as “noticias” da TRETA que me dão logo vontade de começar a VOMITAR (já não me basta o Relvas…), senão vejam lá o seguinte

Estas imagens são acompanhadas pela seguinte “notícia”

“Polar Bear Eats Cub: Cannibalism May Be On The Rise (GRAPHIC PHOTOS)”

“Urso Polar come cria: O canibalismo pode estar a aumentar (Fotos chocantes)”

Mais abaixo no texto, mesmo no fim como convém, lá vem ele…

“As the climate continues to warm in the Arctic and the sea ice melts earlier in the summer, the frequency of such intraspecific predation may increase.”

“À medida que o clima continua a aquecer no Ártico e que o gelo oceânico derrete mais cedo no Verão, a frequência deste tipo de predação intra-espécie pode aumentar”

Pronto… já está resolvido… As “Alterações Climáticas” provocadas pelo Homem são mesmo terríveis…

Agora só por curiosidade o que raio provocou isto…

“Cannibalism has been observed various times in polar bears (Ursus maritimus) (Lunn and Stenhouse, 1985; Tayloret al., 1985; Derocher and Taylor, 1994; Derocher and Wiig, 1999). We observed polar bears from 7 July to 18November 2000 at Gordon Point (approximate coordinates: 58°45′ – 58°48’N and 93°38′ – 93°50’W), approximately35 km east of the town of Churchill, Manitoba.”

“Canibalismo foi observado várias vezes nos ursos polares (Ursus maritimus) (Lunn e Stenhouse, 1985;. Taylor et al, 1985; Derocher e Taylor, 1994; Derocher e Wiig, 1999). Observamos os ursos polares de 7 julho – 18 novembro 2000 em Gordon Point (coordenadas aproximadas: 58 ° 45 ‘- 58 ° 48’N e 93 ° 38’ – 93 ° 50’W), cerca de 35 km a leste da cidade de Churchill , Manitoba.”

Este pequeno texto foi retirado de um estudo científico publicado em 2000 com o título “Cannibalism of a Yearling Polar Bear (Ursus maritimus) at Churchill, Canada”

Associar actos de canibalismo a “Alterações Climáticas” é fantástico… se calhar foi por isso que aqueles bacanos que iam num avião que se despenhou fizerem canibalismo… Como não estavam habituados a viver no frio do alto da montanha começaram logo por se tornar canibais… Poupem-me… ok!!!!

Em suma… hoje em dia qualquer coisa serve para pressionar a MANADA de que é preciso começar a PAGAR MAIS E MAIS IMPOSTOS para se parar as “Alterações Climáticas”… Qualquer dia até o aumento da flatulência nas bactérias será motivo de histeria colectiva e motivo de notícia e de mais impostos…

O objectivo final destes bacanos não é tornar o Planeta um local mais aprazível para nós e para todas as outras espécies, o objectivo final é sempre o mesmo… FAZER DINHEIRO PARA UMA PEQUENA PERCENTAGEM DESFRUTAR…

E pelos vistos isto do aumento da temperatura só vai começar mesmo a aquecer lá para 2020… a palhaçada continua em grande e com um esplendor fora de série! Até lá os ursos que se comam uns aos outros…

Assim sendo, espero que vários RELÂMPAGOS OS FULMINEM A TODOS…

553…

REPENSAR O AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGÉNICO

Bem… “O Tempo Chegou…” de voltar a escrever sobre este assunto.

Tudo porque foi publicado um novo estudo! Entre milhares…

Mas antes do estudo apenas quero deixar aqui a minha maluca opinião: Se os cientistas excluem o SOL como factor responsável pelo aquecimento dos últimos anos com bases nos gráficos… então devem fazer o mesmo para o CO2 pois da mesma forma os últimos anos vistos em forma de gráficos não demonstram a correlação entre a subida a pique do ppm do CO2 e a variação média da temperatura global… Não se pode excluir um factor (SOL) e manter outro (CO2) com base na mesma variável (variação temperatura)!…

Mas enfim… é apenas a minha cabeça maluca a debitar baboseiras!

Estou a escrever isto devido ao tal estudo que foi objecto de notícia com o seguinte título…

“Air Pollution: Bad For Health, But Good For Planet”

O título científico do estudo é…

“Aerosol Indirect Effect on Biogeochemical Cycles and Climate”

Estes cientistas bacanos publicaram no estudo o seguinte:

“The net biogeochemical effect of aerosols is estimated to be equivalent to a radiative forcing of –0.5 ± 0.4 watts per square meter,…”

Pelos vistos a poluição por aerossóis é boa para o Arrefecimento Global… apesar de ser má para a Saúde dos Seres Vivos…

Por isso meus caros leitores, que vamos fazer?

Reduzir a poluição actual significa, assumindo que este estudo não apresenta defeitos, aumentar o Aquecimento Global mas simultaneamente faz-nos bem à Saúde…

Manter, ou aumentar, a poluição actual significa fazer ainda mais mal à nossa Saúde, mas reduz o aquecimento global…

E então o que escolhem? Mais Saúde, ou, Mais Arrefecimento?

O resumo do estudo pode ser lido aqui

505…

REPENSAR O AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGÉNICO

E Eu que pensava não escrever tão cedo sobre isto…

Quem é que diz que alterações climáticas são más? São Muitos, mas o objectivo deles é ver se sacam mais umas valentes massas $£€ aos otários… a Austrália já começou!!

Mas na realidade…

Alterações Climáticas Não São Más, pois apenas são o continuar do que sempre aconteceu, Evolução, e não podemos confundir alterações climáticas, com destruição dos Ecossistemas, enfim nem me vou esticar muito pois para já ainda não me apetece…apenas remato com, pode ser que a nova espécie que saia destas alterações seja realmente inteligente…

Continuando… A prova que não são, é que no mais árido dos áridos desertos… nevou a bom nevar…

O mal disto é que se isto se começa a tornar a regra, não tarda estão a fazer estâncias de ski e outras tretas do tipo…

Infelizmente li que o bacano do Nobel da Paz… o do filme da (in)Verdade (In)conveniente… ok… o Al Gore, vai voltar à carga… mas desta vez o objectivo é… Nobel da Literatura… deve ir escrever algum livro “fabulástico” e se da outra vez levou com o da Paz… agora leva com o da Literatura… os escritores a sério que se ponham a pau…

420…

REPENSAR O AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGÉNICO

aqui tinha escrito que isto provavelmente era um esquema para começar a criar novos impostos e taxas para os Consumidores/Escravos Modernos pagarem… e pelos vistos também não falhei nesta… Podem ver pelo link acima que já andam a fazer/encomendar estudos para criar novas taxas… Têm que ir devagarinho que é para os Consumidores/Escravos Modernos se mentalizarem!

420…

REPENSAR O AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGÉNICO

aqui tinha escrito que isto provavelmente era um esquema para começar a criar novos impostos e taxas para os Consumidores/Escravos Modernos pagarem… e pelos vistos também não falhei nesta… Podem ver pelo link acima que já andam a fazer/encomendar estudos para criar novas taxas… Têm que ir devagarinho que é para os Consumidores/Escravos Modernos se mentalizarem!

417…

REPENSAR O AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGÉNICO

Ando eu feito parvo e a perder o meu TEMPO a vos mostrar dados científicos que mostram o outro lado da discussão… quando há o seguinte vídeo, que RESUME MARAVILHOSAMENTE o Aquecimento Global

416…

REPENSAR O AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGÉNICO

Gráfico mostra a variação de temperatura média anual do Globo entre 1880-1973, e a linha do CO2 no período de 1832-1978

Clique na Imagem para Ampliar

Imagem seguinte referida ao Período de 1940 a 1960

Clique na Imagem para Ampliar

O SOL

Ah… O SOL… Fonte de Energia, Luz… Lindo! E sem esta Estrela… népia de vida, pelo menos destas formas que conhecemos!

É esta Estrela que nos aquece, mais ou menos, consoante lhe apetece!
Vamos lá verificar…

Não chega! Eu ajudo…

Comparem a linha da variação da temperatura com esta imagem, olhem para os anos e nesta comparação podem verificar que independentemente da curva do CO2 (sempre a crescer), a temperatura vai variando, isso sim, ao sabor da quantidade de pintas solares e das proeminências solares…

Atribuir as culpas do aumento da temperatura apenas ao aumento da concentração, de 0.0320% para 0.0390%, de um único gás, o CO2, é no mínimo estranho… ou não? Que é disto que se fala, AUMENTO DA TEMPERATURA DEVIDO AO CO2 QUE NÓS HUMANOS EMITIMOS… ou já não é?

Mas também, neste Mundo em que vivo actualmente….

415…

REPENSAR O AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGÉNICO

Composição da atmosfera (amostra isenta de água), por volume ppmv: partes por milhão por volume
Gás  Volume
Nitrogénio (N2)  780.840 ppmv (78,084%)
Oxigénio (O2)  209.460 ppmv (20,946%)
Argon (Ar)  9.340 ppmv (0,9340%)
Dióxido de carbono (CO2)  390 ppmv (0,0390%)
Néon (Ne)  18,18 ppmv (0,001818%)
Hélio (He)  5,24 ppmv (0,000524%)
Metano (CH4)  1,79 ppmv (0,000179%)

Entre outros gases, os que estão na tabela são os principais, se considerarmos que inferior a 1% é principal!!!

Nestes gases existe um que hoje em dia é… (vou-me esticar!) um Verdadeiro Papão… o

Dióxido de Carbono – CO2

Mas, afinal este gás que constitui 0,0390% da atmosfera é Papão para quem?

Para nós Humanos?
Para os outros Seres Vivos?
Para as Plantas?

Dizem, uns, que o CO2 está a provocar o aquecimento repentino da temperatura, e que isso irá ser terrível para o Planeta e para todos os seres vivos, claro que para Nós é que é pior…

Mas há Seres Vivos que devem estar deliciados com este aumento de CO2… Não acreditam? Vejam…

Posso já começar a imaginar o Planeta fantástico que será, com os Seres Vivos do Reino Plantae a terem mais alimento e a desenvolverem-se desta forma…

Qual será o impacto na nossa Agricultura?
Qual será o impacto nas “nossas” Florestas?
Qual será o impacto na nossa Qualidade de Vida?

Tudo perguntas retóricas claro… Pois o objectivo do Animal Humano é “acabar” com o CO2 ou manter o seu nível muito baixo, que é como quem diz, restringir a fonte de alimentação de todo o Reino Plantae…

Somos inteligentes ou não?

Sim, somos burros que até dói… e como de costume, o dinheiro fala sempre mais alto… e a revisão da “Clean Air Act” ocorrida em 2008 coloca o CO2 como poluente atmosférico… é fantástico não é?
Claro que o objectivo final é de criar mais impostos e taxas para os Escravos pagarem… Nem me admira que um dia venham a cobrar imposto pelo CO2 que exalamos…

415…

REPENSAR O AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGÉNICO

Composição da atmosfera (amostra isenta de água), por volume ppmv: partes por milhão por volume
Gás  Volume
Nitrogénio (N2)  780.840 ppmv (78,084%)
Oxigénio (O2)  209.460 ppmv (20,946%)
Argon (Ar)  9.340 ppmv (0,9340%)
Dióxido de carbono (CO2)  390 ppmv (0,0390%)
Néon (Ne)  18,18 ppmv (0,001818%)
Hélio (He)  5,24 ppmv (0,000524%)
Metano (CH4)  1,79 ppmv (0,000179%)

Entre outros gases, os que estão na tabela são os principais, se considerarmos que inferior a 1% é principal!!!

Nestes gases existe um que hoje em dia é… (vou-me esticar!) um Verdadeiro Papão… o

Dióxido de Carbono – CO2

Mas, afinal este gás que constitui 0,0390% da atmosfera é Papão para quem?

Para nós Humanos?
Para os outros Seres Vivos?
Para as Plantas?

Dizem, uns, que o CO2 está a provocar o aquecimento repentino da temperatura, e que isso irá ser terrível para o Planeta e para todos os seres vivos, claro que para Nós é que é pior…

Mas há Seres Vivos que devem estar deliciados com este aumento de CO2… Não acreditam? Vejam…

Posso já começar a imaginar o Planeta fantástico que será, com os Seres Vivos do Reino Plantae a terem mais alimento e a desenvolverem-se desta forma…

Qual será o impacto na nossa Agricultura?
Qual será o impacto nas “nossas” Florestas?
Qual será o impacto na nossa Qualidade de Vida?

Tudo perguntas retóricas claro… Pois o objectivo do Animal Humano é “acabar” com o CO2 ou manter o seu nível muito baixo, que é como quem diz, restringir a fonte de alimentação de todo o Reino Plantae…

Somos inteligentes ou não?

Sim, somos burros que até dói… e como de costume, o dinheiro fala sempre mais alto… e a revisão da “Clean Air Act” ocorrida em 2008 coloca o CO2 como poluente atmosférico… é fantástico não é?
Claro que o objectivo final é de criar mais impostos e taxas para os Escravos pagarem… Nem me admira que um dia venham a cobrar imposto pelo CO2 que exalamos…

413…

REPENSAR O AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGÉNICO

Vamos fazer um pausa?

É TEMPO de brincar a “cienlítico”

A quê?

“Cienlítico” é um ser híbrido, uma mistura de Cientista e Político. E o local onde se pode encontrar esta subespécie animal é no IPCC…
São estes tipos que se podem ver nesta “foto”…

E é a “cienlítico” que hoje me apetece brincar!
E brincar com o quê? Deixa-me ver… ah! Já sei… Vou brincar com as linhas de tendência…

(clique para ampliar)

O gráfico mostra a variação da anomalia da temperatura a nível do Globo (oceano e terra) desde 1880 até 2010…
E como se pode observar, estamos numa fase de aquecimento, que enquadrado com o histórico não é nada de significativo, pois o máximo positivo nem chegou sequer a 1º C…
Aliás, os máximos positivos e negativos são muito semelhantes…

Mas, como hoje sou “cienlítico”, e o meu ganha pão depende de eu afirmar e corroborar as tendências e as políticas que os Políticos, que me pagam o salário, querem incutir na cabeça dos Povos, o que faço?

Claro que não digo que este aumento de temperatura é normal, e até desejável, não… isso fazia com que fosse para o desemprego…

Assim, como competente “cienlítico” que sou, pego no gráfico e introduzo uma linha de tendência… Mas não uma linha de tendência qualquer, pois isso não serve, tenho que inserir uma que se adeqúe ao que os meus Patrões desejam… e vai disto e… aí está ele…

(clique para ampliar)

Como podem ver a linha de tendência mostra que no futuro a variação de temperatura vai continuar a subir de forma “assustadora”… e se quiser “assustar” ainda mais o Povinho é inserir uma previsão futura…

(clique para ampliar)

Juntando a estes gráficos uns textos gloriosos e “assustadores” com CO2, Ursos Polares, Degelo, Furacões etc… e o meu emprego está garantido, quiçá até uma promoção e mais fundos para mais e melhor “investigação”!

Mas, e se… por um breve instante de insanidade me desse um ataque de consciência, e em vez de publicar o gráfico acima, publicava o seguinte gráfico, com a seguinte linha de tendência…

(clique para ampliar)

E esticava a corda, e inseria também com uma previsão futura…

(clique para ampliar)

O mais certo era ser logo etiquetado de negacionista, um louco, um “não sabe o que diz”, e acabava sendo mais um desempregado a viver de senhas de refeições!

Pronto… Acabei!
Já não me apetece mais brincar a “cienlítico”

Serviu esta brincadeira para demonstrar como facilmente se fabricam os resultados e cenários futuros que queremos…

411…

REPENSAR O AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGÉNICO

OK…

Vamos lá então observar… (imagens formatadas para 1280 largura)

(podem clicar para ampliar) Dados da NASA – Vostok Ice

Esta imagem mostra a variação de temperatura. As medições começaram desde 422.766 anos atrás.

E neste tempo todo o que observamos? Observamos que a temperatura foi variando com oscilações consideráveis ao longo de todo este tempo.

Por curiosidade, pois no gráfico é difícil discernir, as variações de temperatura foram:

A máxima negativa  foi de -9.39ºC no ano 24.363 AdP
A máxima positiva foi de 3.23ºC no ano 128.357 AdP

A NASA tem um xml online que aplicando o zoom por eles definido resulta no gráfico seguinte

(podem clicar para ampliar) Dados da NASA – Vostok Ice

Curiosa a diferença de aspecto! mas fica mesmo só por aí…

Vejamos agora o CO2…

(podem clicar para ampliar) Dados da NASA – Vostok Ice

Ora..

Como se pode facilmente observar não podemos, nós humanos, afirmar taxativamente que o CO2 é que provoca tais alterações de temperatura!

Pois se fazemos tal afirmação como se justifica que, com valores de CO2 sempre inferiores a 300 ppmv, a temperatura tenha tido tais variações, com o máximo positivo a chegar aos 3.23ºC?

Se assim fosse, e como já vamos com CO2 a 391 ppmv (DADOS da NASA) a temperatura já devia ter subido bem mais de 3.23ºC (variação) ora tal não se verifica…

(podem clicar para ampliar) Dados da NASA – Vostok Ice

Este gráfico mostra a Var.Temp. entre os anos 0 e 2009 AdP e como se vê existiu há cerca de 390 anos um pico de variação positiva de temperatura que atingiu os 1.33ºC… nesta época, Nós, ainda não utilizávamos combustíveis fósseis nas quantidades que se começaram a verificar há +- 80 anos. E mais, o número de humanos era muito inferior!

Existirá, logicamente, algo mais que provoca estas variações de temperatura…

O CO2 é que não tem toda esta capacidade, que alguns lhe querem atribuir, por motivos…

Mas isto veremos a seguir…

409…

REPENSAR O AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGÉNICO

Prontos?

Vamos lá então abrir o cérebro a uma nova fonte de dados, todos científicos, no mínimo iguais aos que afirmam que o Aquecimento Global (A.G.) é devido a causas Antropogénicas.

E que melhor forma de começar este Repensar, que de forma ligeira e alegre.

E para isto vou-me socorrer do laureado com o Prémio Nobel da Paz em 2007 o Senhor Albert Arnold (Al) Gore Jr. que, segundo a Academia recebeu este Nobel (juntamente com o IPCC)

“for their efforts to build up and disseminate greater knowledge about man-made climate change, and to lay the foundations for the measures that are needed to counteract such change”

“pelos seus esforços para erguer e disseminar um grande conhecimento sobre as alterações climáticas provocadas pelo Homem, e por lançarem os alicerces para as medidas que são necessárias para contrariar tais mudanças”

Vamos lá então começar…

Afirmou, por escrito:
“The melting of the ice represents bad news for creatures like polar bears. A new scientific study shows that, for the first time, polar bears have been drowning in significant numbers. Such deaths have been rare in the past. But now, these bears find they have to swim much longer distances from floe to floe. In some places, the edge of the ice is 30 to 40 miles from the shore.” Al Gore, pág. 147 do livro “An Inconvenient Truth”

“O degelo representa más notícias para criaturas como o urso polar. Um novo estudo científico mostra que, pela primeira vez, os ursos polares se têm vindo a afogar em números cada vez mais significativos. Tais mortes eram raras no passado. Mas agora, estes ursos vêem-se na situação de terem de nadar distâncias muito mais longas de bloco de gelo em bloco de gelo. Em alguns lugares, o limite do gelo está a cerca de 48 a 65 Km da costa” Al Gore, pág. 147 do livro “Uma Verdade Inconveniente”
(meus realces)

E também oralmente:

E é aqui que o caldo se entorna…

O estudo que o Al Gore refere é

“Observations of mortality associated with extended open-water swimming by polar bears in the Alaskan Beaufort Sea” Charles Monnett & Jeffrey S. Gleason, Polar Biol (2006) 29: 681–687

E em parte nenhuma deste estudo está escrito que os Ursos se afogaram pelos motivos que o Al Gore afirmou.

O que está então no estudo?

Sumário:
“Durante levantamentos aéreos ocorridos em Setembro de 1987 a 2003, um total de 315 ursos polares vivos foram observados, com 12 (3,8%) animais em águas abertas, definida para os propósitos desta análise como águas marinhas >2Km a norte da costa ou da barreira de ilhas associadas do Mar Beaufort Alaska. Nenhuma carcaça de urso polar foi observada. Durante levantamentos aéreos no início de Setembro de 2004, 55 ursos polares (Ursus maritimus) foram vistos, 51 estavam vivos, e destes, 10 (19.9%) estavam em águas abertas. Além disso, quatro carcaças de urso polar foram vistas a flutuar em águas abertas e estes tinham, presumivelmente, afogado-se.”

Ainda se lembram do que disse, e escreveu o Al Gore, e que eu realcei?

números cada vez mais significativos

São estes os números significativos: 4 QUATRO ursos polares mortos, PRESUMIVELMENTE, por afogamento…

Os círculos preenchidos a preto representam os 4 ursos encontrados, mortos em Setembro de 2004.

Mas não fica por aqui… não senhor o Al Gore quando mente enche o peito de ar e aí vai disto…
Continua o estudo…

Durante as observações entre 1987 a 2003 nenhum urso polar morto foi avistado, em Setembro de 2004, foram avistados 4. Porquê?

Concluíram os cientistas:
“As nossas observações sugerem que os ursos polares que nadavam em águas abertas perto de Kaktovik morreram afogados devido a um período de ventos muito elevados com as correspondentes condições ásperas do mar entre 10 e 13 de Setembro de 2004” (meu realce)

Devo acrescentar que o estudo foi realizado a bordo de um avião “de Havilland Twin Otter Series 300” especialmente equipado com janelas bolha na retaguarda para permitir a observação, que era efectuada a cerca de 450 metros de altitude e velocidade de cruzeiro de 200-250 Km/h.

Também tenho que salientar o facto de os cientistas terem presumido que a causa da morte foi o afogamento devido às extremas e severas condições do mar, e que nunca foram recuperadas as carcaças para posterior necropsia, o que ajudaria a esclarecer a causa da morte.

Concluindo…

O que este estudo demonstra é que em 2004 morreram presumivelmente por afogamento 4 QUATRO ursos polares devido a condições extremas e severas do mar, e NÃO devido ao Aquecimento global nem ao degelo.
No fim do estudo, os cientistas sugerem que sejam tomadas medidas nas actividades antropogénicas, transporte marítimo, quebra-gelos, indústria de gás e petróleo e outras actividades em águas abertas, por forma a que se minimizem os riscos de provocar danos a estes animais.

(Cada vez mais os Nobel se atascam neste antro de mentiras e falsificações… prémio Nobel da Paz 2007… devia era ter recebido umas boas reguadas… palhaço. Ah… já me ia esquecendo… as mentiras do Al Gore não se ficam por esta!!!)

Bem… foi uma boa forma de começar este “REPENSAR O AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGÉNICO”… mas continuarei a seguir já não mencionando este mentiroso, mas sim outro tipo de informação científica…