19…

O Ano…


2030


Ora, ora… isto está sempre a melhorar…

O excerto seguinte é do sítio da RAVE (erros incluídos):

” A AV favorece o desenvolvimento sustentável da mobilidade com importantes reduções dos consumos nergéticos associados aos modos de transporte actualmente prevalecentes, diminuindo também a sinistralidade bem como as emissões poluentes e de gases com efeito de estufa.

A AV irá também favorecer a coesão territorial, económica e social servindo regiões que se situam entre as mais carenciadas ao nível europeu como o Alentejo e a Estremadura espanhola.”

Estas afirmações deixam-me sempre com vontade de rir! E porquê?
Vamos lá ver mais uns números!!!
Esta tabela extraída de um pdf da RAVE provoca-me uns movimentos peristálticos que até começo a sonhar, acordado, com sanitas!!!
Reparem na linha da procura para a Linha Lisboa-Porto 12,2Mpax… em 2030!!!!!!!!!!!
É isto que provoca “…importantes reduções dos consumos nergéticos associados aos modos de transporte actualmente prevalecentes, diminuindo também a sinistralidade bem como as emissões poluentes e de gases com efeito de estufa…” só podem estar a gozar!
O que provoca “….importantes reduções dos consumos nergéticos associados aos modos de transporte actualmente prevalecentes, diminuindo também a sinistralidade bem como as emissões poluentes e de gases com efeito de estufa…” é a criação nos grandes centros metropolitanos de transportes públicos, metro, autocarros, comboios suburbanos, etc, que funcionem de forma rápida e eficaz, e que ao mesmo tempo sirvam o máximo de área urbana possível… só assim o Povo larga o raio do automóvel… porque para já a miragem de carros amigos do ambiente, se é que isso realmente existe, é mesmo só uma miragem…

Quanto aos números para as outras Linhas nem comento…
Continuo sem saber qual a real finalidade e necessidade das Linhas Lisboa-Porto e Porto-Vigo!

O caso de Porto-Vigo então é que não dá para entender…
Relembro a balburdia (e os mãos de vaca) à uns tempos não tão longínquos devido a extensão do Metro do Porto…
Para quem não sabe: O Metro do Porto transportou em 2008 mais de 50 000 000 (CINQUENTA MILHÕES) de passageiros, e só não tem mais devido ao preço dos passes, mas isto é outra história…
Já nem refiro os transportes rodoviários e os comboios suburbanos…
Ora pretende-se expandir esta rede (fantástica) de metropolitano… o melhor é que os planos iniciais tinham como data prevista do fim da expansão o ano de 2022!!!!! agora com a crise parece que se vai antecipar para 2018.
Isto é gozar… no mínimo… pois olhamos para a tabela do TGV e vê-se que a linha Porto-Vigo é para estar operacional em 2013!!!
A sermos conduzidos desta forma por esta classe política de reconhecida diminuta capacidade para executar o que é melhor para Portugal… não vamos lá!

Quanto à afirmação sobre “…favorecer a coesão territorial, económica e social servindo regiões que se situam entre as mais carenciadas ao nível europeu como o Alentejo…” Ah Ah Ah… bom! tento a ligeira sensação de que não são duas estações do TGV uma em Évora e a outra em Elvas, que vai favorecer a dita “coesão territorial, económica e social”… SOMOS TRATADOS COMO IGNORANTES TODOS OS DIAS… Livra…