647…

“MAMA tudo…”

Caso contrário, e se a coisa correr mal para a mamã…

a mamã pode vir a sofrer de mastite (inflamação da glândula mamária)

Só pelo aspecto… até dói!

Curiosamente esta inflamação não afecta apenas as fêmeas da nossa espécie (Homo sapiens)… Há outra espécie que também é muito afectada com esta inflamação…

Vá-se lá saber porquê?

A seguir um curto vídeo para entenderem melhor o que é a mastite no gado bovino leiteiro

Após esta breve e clara explicação… Vamos lá às formas de tratamento utilizadas…

“A terapia mais indicada no controle das mastites é a infusão intramamária de um antibiótico, acompanhada pelo esgotamento frequente e total do quarto infectado, podendo utilizar-se a ocitocina como coadjuvante.

O tratamento de uma mastite subclínica durante a lactação é indicado somente naqueles casos em que o produtor se sinta ameaçado de uma possível perda do mercado, devido à alta porcentagem de vacas infectadas.” fonte (meu realce)

Por todo o lado o tratamento é efectuado recorrendo a antibióticos… Doses e doses e doses de antibióticos são necessários pois vistas bem as coisas

A exploração, e abuso, e tortura desta espécie tem apenas uma finalidade… A produção de leite, à FORÇA!

Provavelmente é devido a estas boas condições de vida e óptimo tratamento a que esta espécie é sujeita, faz TEMPO, que esta senhora fez isto

Não sei o que lhe passou na mente para fazer tal coisa… Mas isto é realmente perigoso, como verão mais à frente!

Claro que anos e anos de utilização de antibióticos, além de provocar a perda da eficiência do mesmo, pois a bicharada a determinada altura já considera o antibiótico um casaco de inverno… Tem também outros inconvenientes que já começam a provocar comichão nos animais humanos…

Esta comichão tem origem no facto destes antibióticos para utilização veterinária estarem a chegar a nós através do leite (e não só!)… E isto não pode ser…

Mas “não pode ser…” não por motivos de saúde pública, que isto é o que menos interessa, “não pode ser…” por motivos económicos pois assim se começamos a ter como suplemento, no nosso querido leite (coadjuvante da osteoporose), antibióticos, a Indústria Farmacêutica que fornece os animais humanos vai começar a berrar pois vai ver esta situação como “concorrência desleal”…

E nos dias que correm nem me venham falar em “concorrência desleal” que desmaio já!

Posto isto…

Há algumas pessoas a chatear os “Poderosos” por causa dos abusos a que esta espécie é sujeita… E agora há outras pessoas também a chatear os “Poderosos” devido ao facto de os abusos estarem a começar a prejudicar os que estão a chatear e a Indústria das Drogas…

Face a este cenário os “Poderosos” criaram um “grupo de trabalho” para analisar a situação e oferecer soluções…

É sobre duas hipóteses que a seguir vou escrever muito abreviadamente, pois já estou a chegar às 500 palavras!

A primeira hipótese* é fácil e curta de descrever, pois neste caso a imagem diz praticamente tudo…

Pessoalmente não me admira nada que vingue esta hipótese uma vez que a moda da alteração genética das espécies está em total polvorosa! Só não compreendo é porque raio andam outros a fabricar vacas geneticamente modificadas para a produção de leite humano! Se calhar não têm mais o que fazer!

A segunda hipótese é

“Treating mastitis in dairy cattle with vitamin D”

“Tratar mastites do gado leiteiro com vitamina D” fonte

Quanto a esta hipótese não vejo grande hipótese de sucesso… Primeiro porque não sei porque raio é que estes tipos acreditam que as Vitaminas servem para curar, ou ajudar a curar algo… Nunca ouviram falar em Drogas?!

Segundo porque isto que “Curas Naturais” não rende absolutamente NADA… Pelo menos para já!

Mas, já que escrevi sobre Vitamina D…

“Vitamina D e cancro do pâncreas” fonte

Outros malucos que agora acham que exposição solar (UV B) e vitamina D ajudam a reduzir o risco de contrair cancro do pâncreas, mas não só deste!

Isto anda tudo Louco! Já se sabe que se vais para o Sol tens que colocar generosas quantidades de (des)protector solar… Mas eles não… Eles andam a teimar que podemos ir para o Sol sem (des)protector solar que é para desenvolvermos cancro e passarmos a ser clientes deles! Finos…

Agora mesmo para terminar… Se nenhuma das hipóteses vingar, o que se advinha como o cenário mais provável, não se preocupem… As Vacas estão a ser bem tratadas

Que coisa melhor pode existir na vida de uma Vaca que ganhar um sutiã Victoria ́s Secret!!!

* Hipótese da minha fértil imaginação!

603…

“Já vai… está quase!”

Se pararmos por uns míseros minutos para Pensar e Observar o que se passa à nossa volta…

Bem, mau começo de mensagem… Parar para Pensar e Observar!

Esqueçam… Pensar e Observar é inútil…

Seguindo…

Olhando para as outras espécies já reparei que para nenhuma delas “beber leite” é algo que se faça desde o nascimento até à morte.

No entanto com a nossa espécie a situação altera-se. Nem seria de esperar outra coisa. Afinal de contas somos a única espécie neste Planeta perdido no Universo que tem a noção que está num Planeta perdido no Universo, ou pelo menos pensamos nós que sim! Isto dá-nos a liberdade de nos auto-proclamar-mos Inteligentes e Conscientes.

E como somos os únicos Inteligentes e Conscientes que por aqui há, tudo o que fazemos é baseado na nossa pressuposta Inteligência e Consciência.

Somos também avessos à noção de Natureza, isto é, detestamos o Natural, o Biológico… mas nem sempre foi assim, evidentemente. Isto é apenas uma maneira de estar recente, com poucos anos.

E como somos assim, ultimamente, achamos que temos que beber leite desde o dia que nascemos até ao dia em que morremos. A causa principal disto é o Lucro que esta forma de viver gera para uns quantos. Mas como também não gostamos nada de resolver os problemas eliminando as causas, vou seguir a MANADA…

E assim sendo… A causa principal para andarmos a beber leite durante toda a nossa existência é devido ao nosso miserável esqueleto. Se ao menos aquela coisa que tanto odiamos nos tivesse dado um esqueleto em titânio… isso é que era… mas não tinha que desenvolver o Osso!

E como o Osso se vai enfraquecendo com o passar dos tempos, segundo os “especialistas”, a solução que estes mesmos “especialistas” encontraram foi a de “Beber Leite até morrer!”. Mas dizer apenas às MANADAS “Bebam Leite” não resulta, Claro que não… As MANADAS gostam mais é de pastar. Verificando que apenas pela afirmação “Bebam Leite” as MANADAS não reagiam, os “especialistas” começaram a desenvolver as devidas técnicas de dar a volta ao texto…

E conseguiram…

Começaram a criar o “PÂNICO” e pânico é algo que as MANADAS odeiam, elas gostam é de SOL, Campos e Erva fresquinha!

E que criaram eles?

A OSTEOPOROSE

E resultou… E está a resultar!

Só uma coisa os “especialistas” não se lembraram… Infelizmente as fêmeas da nossa espécie não produzem leite fora do ciclo da gravidez e do período da amamentação… O que é uma pena!

E também era um pouco estranho, não para todos é claro, ele há gostos para tudo, criarem quintas de fêmeas humanas apenas para estarem sempre grávidas e a produzir leite, extraído com aparelhos como se pode ver na linda imagem no topo.

É… provavelmente a coisa não seria bem aceite…

Assim sendo, tínhamos que encontrar a próxima vítima. E encontramos…

A Vaca… É fantástica… A nível de produção de leite bate qualquer fêmea humana de longe… Aquilo são litros e litros… Anos a fio… Toda a vida… Sempre a bombar…

Epá… espera lá! Mas então não tínhamos já visto que só nós, os Inteligentes e Conscientes, é que bebemos leite até morrer?

Se assim é, porque motivo é que as Vacas passam a vida a produzir leite? Não deveriam ser semelhantes às nossas fêmeas e só produzir leite durante a gravidez e durante mais uns tempos após o parto, até o vitelo já não precisar mais de leite?

“Não estúpido… São VACAS… e vacas só servem para produzir leite”

O que fizemos às vacas,  foi o mesmo que teríamos feito às fêmeas humanas se tivéssemos optado pela solução das “quintas de fêmeas humanas”…

E, resumindo pois já estou outra vez a escrever demais, o que fazemos às vacas é enchê-las de hormonas para estarem sempre férteis e grávidas, enchê-las de antibióticos pois milhões de vacas a viverem juntas não são lá muito higiénicas, as porcas, e matar muitos dos vitelos que nascem apenas porque sim, e porque até se recebe um subsídio por cada vitelo que matamos! É maravilhoso…

Mas… Eu pessoalmente adoro os “Mas…” especialmente quando nos são trazidos pela coisa que mais odiamos, A NATUREZA, (não, não és tu aNaTureza tem calma 😉 )

A Natureza, bem a Natureza é algo que não entendemos e como tal ela fartasse de nos tentar ensinar, mas nós somos orgulhosos e além disso Inteligentes e Conscientes, logo idiotas para sempre.

Curiosamente uma fêmea humana, que passa o seu tempo a tentar compreender a Natureza, está a concluir, ou até já concluiu que, e passo a citá-la

“The milk we drink today is quite unlike the milk our ancestors were drinking without apparent harm for 2,000 years. The milk we drink today may not be nature’s perfect food.”

“O leite que bebemos hoje é muito diferente do leite que os nossos antepassados bebiam, sem grande mal aparente durante 2000 anos. O leite que bebemos hoje pode não ser a comida perfeita da natureza”

A sério? Esta fêmea devia ser severamente castigada… O leite é…

Saúde…

E se queremos ser saudáveis…

bebam leite, todos os dias, toda a VIDA…

Por falar em saúde… Esta fêmea tresloucada ainda teve a lata de afirmar que

“One study compared diet and cancer rates in 42 counties. It showed that milk and cheese consumption are strongly correlated to the incidence of testicular cancer among men ages 20 to 39. Rates were highest in places like Switzerland and Denmark, where cheese is a national food, and lowest in Algeria and other countries where dairy is not so widely consumed.

Cancer rates linked to dairy can change quickly, said Ganmaa. In the past 50 years in Japan, she said, rising rates of dairy consumption are linked with rising death rates from prostate cancer – from near zero per 100,000 five decades ago to 7 per 100,000 today.

Butter, meat, eggs, milk, and cheese are implicated in higher rates of hormone-dependent cancers in general, she said. Breast cancer has been linked particularly to consumption of milk and cheese.

In another study, rats fed milk show a higher incidence of cancer and develop a higher number of tumors than those who drank water” cliquem aqui para tradução!

Eu não disse, severamente castigada…

Para esta, e não está sozinha, beber leite e consumir diariamente produtos derivados de leite aumenta e bem as hipóteses de contrairmos CANCROS… A Natureza é mesmo Cabrita!

Já li muita estupidez, mas como esta nunca… Bem, nunca não… Outro dia li num blogue dum palhaço que utilizar champô e gel de banho e outras coisas do género, coisas sem as quais não conseguimos sobreviver, também aumenta as hipóteses de cancros. Nem comento mais… estupidez total!

Já lá vão mais de mil palavras… Um abuso aos sentidos!

Termino assim… sem palavras…

582…

“Corpinhos de Leite”

CARNES… Disfarçadas de VACAS… Vacas produzem Leite… para alimentar os vitelos…

Não… Ainda não foi desta que acertei…

Mas podia ter sido… a vez em que acertei! Felizmente que não é! Não… os animais humanos, na sua maioria, sentem verdadeira repulsa por tudo o que os possa fazer sentir ou pensar que são animais. Assim como medida de protecção desenvolveram a capacidade de transformar outros animais em mercadorias…

E mercadorias valem dinheiro… e continuam a valer… Em 2012 a queima da mercadoria não desejada vai continuar… Portanto não se esqueçam de beber muitos copinhos de leite.

No entanto, o que escrevi até agora foi apenas um espirro do meu cérebro! Do que realmente quero falar, escrever, é de estrogénio, carnes e cafeína… e como andam as carnes disfarçadas de vacas, o meu cérebro decidiu presentear-vos com um miminho! Coisa de Louco… não liguem.

Vamos lá então ao que interessa…

Ó Bibá… onde estás?

Ah… estás aí! E tão alegre e… rodeada da “família”!

Mas o que faz a Bibá Pitta assim vestida… tal “Copinho de Leite”?

As palavras seguintes, são as palavras da Bibá Pitta,

Sempre que possível tento ajudar as causas para as quais me chamam. Ser solidário é isso. É estar disponível. Neste caso, não fui apenas eu mas toda a família, desde a avó ao filho mais pequeno, a dar a cara para ajudar uma causa. Sabemos a relevância da Osteoporose e o elevado número de pessoas que a doença afecta. E sei que é uma doença que pode afectar qualquer um de nós, pois não sabemos o dia de amanhã. Como figura pública sei que posso ajudar a passar uma mensagem, pelo que não hesitei em aceitar o convite

Como eu gostava de conseguir falar assim! Mas, felizmente, não sou capaz.

Ora aí está ela… a dita… a doença… a OSTEOPOROSE…

É terrível… Os nossos ossos vão perdendo massa e começam a ficar frágeis e “moles” e qualquer malho, tombo, queda, é sinal de bacia partida, ou outro qualquer osso… enfim ficámos tal e tal fino cristal…

Segundo a MODA esta degeneração dos nossos esqueletos… alto lá! Nossos não, devo informar que a maior parte das vítimas desta “doença” são as Mulheres pós-menopausa… e os velhotes de ambos os sexos, mas sempre com tendência para as mulheres. Para todas as que pensavam que a Menopausa era o início de uma nova vida sem o stress da menstruação… pensem outra vez!

A maioria da “informação” diz que “A causa principal da osteoporose primária é a deficiência de estrogénios (hormonas femininas). Na osteoporose pós-menopáusica, a perda óssea acelerada deve-se à deficiência de estrogénios que ocorre na altura da menopausa e é agravada pela idade, afectando todo o esqueleto. A deficiência de estrogénios é a causa mais importante de osteoporose na mulher pós-menopáusica” 
Até fizeram uma tabela com os factores de risco… Olhem lá!

Vocês, mulheres, têm mesmo azar… A solução para isto, segundo a MODA é “TOMAR DROGAS”… Também não é de admirar pois esta informação é patrocinada por Corporações como a Roche e Glaxo Smith Kline… tipos porreiros!

No entanto, perdidos na vastidão das publicações científicas existem estudos, muitos estudos… Que nos dizem, pelo menos aos poucos que os lêem, que não é só da falta de estrogénio que a Osteoporose se alimenta!

“Riam-se… Riam-se… depois chorem a dizer que é Osteoporose”

Parece que beber cafeína em estado liquido também alimenta a Osteoporose.

Nada de grave… o consumo de cafeína em excesso, não sei o que excesso significa… provoca alterações nos ossos…

Solução: bebam menos café… e bebidas com cafeína (tipo Coca-Cola e afins)

Agora a parte que faz a ligação a tudo o resto…

A tabela que podem ver, foi retirada de um estudo, um dos tais de entre muitos, com o título “Excess Dietary Protein Can Adversely Affect Bone” e ela diz-nos basicamente qual a potencial carga ácida renal que os vários tipos de alimentos possuem.

Isto é importante, pois o nosso rico sangue tem um pH a rondar os 7 (neutro) mas a fugir para o básico (>7). Ora se ingerimos muitos alimentos com PRAL elevado, os nossos ricos rins têm que compensar o excesso de acidez… e na falta de melhor viram-se para o Esqueleto. A maior fonte de carbonato.

E pronto… desde que nascem até à morte, sempre a comer CARNES, e a beber Cafeína (já agora Coca-Cola está na lista negra!) resulta em… OSTEOPOROSE… juntem a estes belos estilos de vida a natural perda de estrogénio… e FELIZ OSTEOPOROSE…

Para terminar, já sabem a solução para tentar evitar a querida Osteoporose. E não… NÃO SÃO AS DROGAS. Basta reduzir o consumo de alimentos com PRAL elevado (ver na tabela), fazer algum exercício físico e pronto… esperar que a Menopausa seja amiga.

Por outro lado se gostam mais da prosa da nossa querida Bibá Pitta… força aí. As escolhas que fazemos no Presente vão-se reflectir no nosso Futuro.

Espero não ter sido muito entediante… voltei a esticar a corda… escrevi muitas letras… E quanto ao “Corpinho de Leite”… não vão por aí, que é Copo sem Fundo!