690…

soldado_rir

“ESCRAVOS… Comandos”

Ele há coisas do caneco…

Esta mensagem era para ser sobre vitaminas… Era!

Andava eu a procurar na Internet a expressão “comandos” quando o “Pato” me apresentou o seguinte vídeo como sugestão…

Bem a culpa não foi bem do “Pato” pois como dei-lhe a ordem de ir cuscar vídeos através do “comando” !gv, e apenas no último mês, a primeira sugestão da pesquisa foi esta coisa…

Ok… Ilibado que está o “Pato” continuo com a verborreia…

Ao fim de poucos minutos de estar a ver a reportagem, estive a um clique de distância de abortar o resto da visualização, mas lá tive a força mental de suportar a carga, e vi até ao fim…

E ainda bem que o fiz… Até para vocês! Pois assim evitaram, para já, uma entediante mensagem sobre vitaminas…

– “Livra que sorte!”

Podem crer… Que sorte!

Tirando o facto da paupérrima capacidade de expressão oral de praticamente todos os entrevistados, todo o seu discurso é do tipo cassete… E sei o que isso é pois fui daqueles sortudos que ainda teve que ir ao serviço efectivo normal… Que saudades!

Como por lá andei, sei como estas mentes articulam todo o seu pensar… E lá fui eu pesquisar na Internet a fonte… E encontrei…

O COMANDO ama devotadamente a sua PÁTRIA, estando sempre pronto a fazer por ela todos os sacrifícios. Constante exemplo de energia, de amor ao trabalho, de dedicação e de lealdade aos chefes, não discute as ordens que recebe, não admite nem conhece embaraços ou resistências à sua integral execução.

Destaco a parte “não discute as ordens que recebe”… Agora entendem a história das cabeças cortadas e espetadas em estacas!

O carácter, a lealdade, a fidelidade, a obediência e a determinação são virtudes inalienáveis do COMANDO.

Esta última frase, retirada do “Código COMANDO” (aliás, ambas!), quase que parece a descrição das características de um cão de raça e com pedigree certificado!

Não são da mesma opinião? Então aqui fica um pequeno exemplo: “É uma raça de grande inteligênciafiel ao dono, muito obediente e incorruptível, mas também valente e combativoelevado grau de inteligência, atenção e disciplinadotes de defesa baseiam-se sobretudo na obediência ao adestramento

E por aqui fico… Nesta questão!

Agora a parte do amor à Pátria…

Toda a gente sabe que o amor à Pátria é um argumento infalível quando se lida com seres energúmenos… Para este tipo de seres pouco mais é necessário para que eles estejam logo dispostos a morrer… Por amor… À Pátria… Claro!

Claro que, nesta Civilização materialista, nem só de Amor vive o homem… E neste caso também me cativou a atenção a parte da reportagem onde se fala sobre o Afeganistão e as “missões no estrangeiro”…

Obviamente a minha cabeça doente e sem cura possível (tal como o “VIH” 😉 ), começou logo a matutar o que será que leva estes “COMANDOS” a irem para um país estrangeiro? Tirando a parte do Amor… Algo mais existirá decerto… E novamente após pesquisa na Internet lá descobri a outra razão…

“SUPLEMENTO DE MISSÃO – Militares envolvidos em Missões Humanitárias e de Paz no Estrangeiro.
Valor Diário
Oficiais                        € 93,90
Sargentos                    € 86,26
Praças                          € 79,96 ” (retirado do sítio do Exército Português na Internet)

Como é descrito como “suplemento” significa que é um acrescento à remuneração normal mensal… Pelo que alguém que vá, por Amor, para o Afeganistão, vê recompensado este belo sentimento com:

Oficiais: 2817€ – Sargentos: 2587.80€ – Praças: 2398.80€ por mês… De suplemento! Assim, é realmente fácil AMAR A PÁTRIA… E ir participar nas ocupações e usurpações de outros países…

Sim já sei… Não é nada disto… Eles têm orgulho em servir Portugal… É um sonho de criança… E tudo o resto…

Bem… Visto que graças às minhas pesquisas não encontrei nada sobre o que queria “comandos Perl”… Aproveitei o tropeço para falar um pouco da tropa Tuga que anda tão entretida nestas coisas do AMOR, que até nem dá conta que a SOBERANIA da Pátria já era!

Termino com a sugestão de leitura… Podem rir… O zé que não gosta de ler muitas letras a sugerir ler… Às vezes tem de ser! Sugiro a leitura atenta de um texto do senhor Smedley Butler (General do Exército Americano) com o título “War is a Racket“. Após lerem o curto (como eu gosto) texto, podem ver que lá pelo meio dos “ESCRAVOS… COMANDOS” há uns (muito poucos, infelizmente) que são capazes de compreender que foram/são utilizados para algo que não o “Amor à Pátria” e restantes conversas da TRETA!

Um pequeno aviso, se utilizarem o tradutor da google, o mesmo traduz “racket” como raquete… O que está logicamente incorrecto! A mais correcta será algo como “Uma prática ou negócio desonesto”

E pronto… Agora sim termino…. Esperando que a próxima mensagem seja mesmo sobre vitaminas… Caso as minhas pesquisas não me levem para caminhos estranhos!

654…

“VIDA DE LUXO…”

Corria o ano de 1999…

Lá, pelas terras loucas da Europa central, um grupo de tresloucados teve uma ideia miserável, enquanto comiam numa bela tasca suspensa umas omeletas perfeitas, feitas pelo novo chef do pedaço!

“Vamos escrever umas regras nas quais se estabelece as normas mínimas relativas à protecção das galinhas poedeiras?”

“VAMOS!!!” responderam os que tinham a boca vazia…

E, após regresso a terra firme, assim fizeram…

E escreveram a

DIRECTIVA 1999/74/CE DO CONSELHO
de 19 de Julho de 1999
que estabelece as normas mínimas relativas à protecção das galinhas poedeiras
fonte

O motivo oficial para que se tivesse escrito esta Directiva não foi divulgado, mas o TEMPO revela em última mão, que a mesma foi escrita apenas porque as Galinhas Poedeiras ameaçaram fazer greve, e que nem com ameaças de requisição galinácea, elas voltariam atrás na intenção de a efectuar…

E assim foi… Escreveu-se em 1999 uma directiva para que as galinhas tivessem algumas condições acima da média! E como é lógico esta directiva só se aplica para “estabelecimentos com mais de 350 galinhas”…

Se fores galinha e estiveres a ler isto já sabes que se quiseres viver numa suite, tens que ir para um estabelecimento com mais de 350 galinhas…

E como construir suites para galinhas leva TEMPO… o prazo para se fazerem alterações foi estendido até 1 de Janeiro de 2012, data a partir da qual não podem existir quartos atarracados…

Ora… 1999 para 2012… Dão para aí… ora deixem-me fazer uma conta rápida! 2009-1999=10… 2012-2009=3… Bom dá para aí uns 13 ANOS de TEMPO de adaptação…

13 ANOS? SÓ?!?

Findos os 13 anos todos os estados membros cumpriram a directiva… Agora sim as galinhas poedeiras eram felizes….

Como? Nem todos cumpriram!?!?

Então… 13 anos é pouco TEMPO?!? É… Parece que 13 ANOS passam a correr…

“”Bélgica, Grécia, Espanha, França, Itália, Chipre, Hungria, Países Baixos, Polónia e Portugal ainda autorizam a utilização de gaiolas não melhoradas para galinhas poedeiras, apesar da proibição que entrou em vigor em Janeiro de 2012, para a qual tiveram 12 anos para se preparar”, adverte Bruxelas.” fonte

Mas o Zé Portuga é fino… Não quis gastar dinheiro, nem quer, afinal galinhas não precisam de suites ora bolas, e vai e zás…. Publicidade dirigida ao belo sentimento de  “Humanidade”

«UE condena à morte três milhões de galinhas»

Mas o texto é ainda mais divino…

“Matar metade das galinhas poedeiras do país ou inundar os produtores de multas? É a catástrofe que aí vem, no final do mês, para os avicultores nacionais.” fonte

E quem é que não acha CRUEL E DESUMANO matar 3 milhões de galinhas?

Digo-vos uma coisa… Se fosse como um desses animais humanos que por aí andam, formatados e completamente alheados da merda em que se deslocam diariamente, até ficava emocionado com este apelo humanitário…

Felizmente que não sou, faço parte da minoria que já viu, e vos mostra o tipo de HUMANIDADE que existe na indústria da produção de OVOS…

Pois claro MATAR 3 milhões de galinhas por causa das gaiolas é DESUMANO… MATAR MILHÕES DE PINTOS, só porque nasceram PINTOS e não põem ovos é HUMANO… FANTÁSTICA ESTA HIPOCRISIA!

Conclusão: O produtores, e restante circo de palhaços, estão-se bem a CAGAR para a morte das galinhas poedeiras, e, até aposto que se lhes derem uns milhares de euros pelo abate das mesmas…

“Ó pá… onde é que assino?”

Pronto… Suite para Galinhas Poedeiras… Agora não dá, NÃO HÁ DINHEIRO… ESTAMOS EM CRISE…

E por falar em falta de dinheiro (fonte)

“Portugal ausente de reunião da Comissão Baleeira por falta de verbas, diz ministra”

É tão fofinha!!!! Só me apetece encher-lhe a cara de beijinhos!!!

É o que dá colocarem no Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, uma advogada… O capital foge sempre para escritórios!

Serviços de consultoria jurídica – Abreu & Associados – Sociedade de Advogados, RL (503009482) – 74.000,00 € fonte

Vou-me dispensar a colocar mais exemplos pois não é este o objectivo desta mensagem, e se assim o desejarem sempre podem ver através da ligação mais exemplos…

Assim, é óbvio que não há dinheiro… Nem para Galinhas, Nem para Baleias…

Mas também, verdade seja escrita, o que RAIO INTERESSA PROTEGER AS GALINHAS E AS BALEIAS… “quando há tanto animal humano a morrer de fome”!

Esta última parte da frase é o que costuma sair da boca dos animais humanos acima descritos!

E assim continuamos alheados… mas FELIZES…

E para terminar, e porque também se trata de falta de dinheiro… Esta palhaçada

Transformou-se em “Entrada Livre”… Até para as idiotices está a faltar dinheiro… Bem BOM!

601…

“O CÉREBRO SERVE PARA…”

Nos dias que correm tenho imensa dificuldade em completar a frase que acabaram de ler. Mas isto é apenas limitação do meu próprio cérebro…

Milhões de animais humanos são, desde o nascimento, formatados para existirem segundo as regras que as diferentes sociedades ao longo dos TEMPOS consideraram, e consideram, “importantes”…

Esta formatação é iniciada logo cedo, assim que o animal aprende a comunicar por intermédio da audição/fala a quantidade de comportamentos condicionados dispara vertiginosamente… Até esta idade a coisa é mais suave e o animal é inundado apenas com condicionamentos de ordem física.

Cedo, nas Escolas de Formatação Cerebral, para os mais alheados “O Sistema de Ensino”, os animais começam a ler e a ouvir todo o conjunto de regras às quais eles devem  obedecer sem questionar, pois do questionar apenas resulta uma coisa,  o castigo.

Mas é nesta altura que a parte da Formatação Cerebral sobre a Nação, os seus símbolos (bandeiras e hinos) e os seus interesses, são ampla e profundamente repetidos e explicados. Alhear o animal do seu “Eu Penso” e fazê-lo aceitar que o “Nós Obedecemos” é que conta, é a principal Formatação do Sistema de Ensino.

Sem esta formatação o esquema actual da Civilização em que vivemos não era o que é.

E quando se fala em Nação obviamente tem que se falar em “Dar a VIDA pela Nação”, normalmente utilizam a palavra “pátria”… é mais aguda, esta última!

Só o facto de um grupo de animais considerar que outro grupo deve morrer para garantir algo inventado, nações, e que na prática de nada servem, é o constatar da total inexistência de Liberdade desde o primeiro segundo após o nascer.

E a prova é simples: Imagine que nasceu no local N45E008 e quer ir para o local S31W053… Para isto tem que tentar obter um sem número de permissões (pagas evidentemente)e só depois é que tem permissão para se deslocar. Se não conseguir obter a permissão, ou se não tiver forma como pagá-la, é impedido de ir ao local desejado… mas, não esqueças… és Livre!

Afinal de contas a Ilusão da Liberdade é ela própria fruto de outra formatação cerebral, e esta encontra-se logo no primeiro artigo…

Artigo I

        Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão  e consciência e devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidade.

Tudo conversa para animal pastar, ruminar e dormir!

Espírito de fraternidade… Coisa mais linda… A mulher da fotografia sem dúvida está a transbordar fraternidade por tudo o que é poro do seu corpo…

“Dar a VIDA pela Nação” é, das formatações existentes, a mais engraçada… Com esta formatação transformamos o “espírito de fraternidade” em “espírito de ódio ao próximo”.

Hoje em dia está de tal forma subtil que a coisa é assim aplicada nos cérebros dos animais das MANADAS…

(Revista Sábado)

Deliciem-se agora com a introdução:

Digam lá se não é uma delicia?

Matou 255 pessoas, desculpem, ABATEU 255 PESSOAS (repararam na troca! primeiro ‘terroristas’ logo a seguir ‘pessoas’), Arrependimento ZERO, como convém. GOSTOU MUITO, evidentemente que gostou, após anos de formatação, meses de lavagem cerebral na Máquina de Matar (os comuns chamam Forças Armadas) e bons pagamentos o que não há para não gostar!… E só PAROU para SALVAR O CASAMENTO… quase que choro.

Fico à espera do filme de Hollywood, pois que o livro já foi escrito! Tal o desperdício de árvores…

Depois desta abertura magistral, o texto escrito é a típica conversa da treta… E o final é amoroso!

Assim se vai fazendo às claras Formatação Cerebral… Matar é visto como algo normal e até heróico, que não deve provocar arrependimento, pois afinal de contas os interesses das Nações são bem mais importantes que a vida de um qualquer animal “Eu Penso”.

586…

“Pouco se pode esperar…”

Só para verem o nível da formatação cerebral que anda aqui por terras Lusas… Terras fétidas e já com pouca capacidade de se curarem!

Ah… não é destas belas meninas dispostas a enfeitar um pedaço de aço com bocados de borracha, que vos quero alertar para a formatação cerebral… Não… isto de mulheres e carros é apenas uma forma hábil que os vendedores de automóveis encontraram para porém os CROMOS a agir de forma instintiva e primitiva e a gastarem dinheiro que muitos deles não têm (olha o crédito) a comprar latas que não precisam!!! Mas isto não interessa muito…

Vamos lá então assistir com PRAZER e ATENÇÃO à lavagem cerebral…

Só espero que as vossas cabeças não se tenham começado a abanar de um lado para o outro…. Se tal aconteceu é sinal que também o vosso cérebro está em mau estado de conservação… Precisam de ser reformatados!