15…

Em 1956 a extensão da rede ferroviária portuguesa apresentava 3.589 Km (via única+via dupla – não sei se na altura já existiam vias múltiplas mas também relativamente aos dias de hoje é irrisório a comparação quilométrica.).

Hoje em dia (2009) Portugal tem 2.601 Km (via única+via dupla+via múltipla (esta com 43 Km). Nem refiro a extensão de linha estreita pois é uma brincadeira!!!

Nestes 2601 Km apenas 564 Km são via dupla!

Agora sim a melhor parte…

Portugal tem actualmente 2860 Km de auto-estradas e está em curso o crescimento deste valor para mais ou menos 2400 Km. Ficaremos assim com 5260 Km de auto-estradas!
Para quê? Pergunto Eu…

8…

E o que fez Portugal? Tão pouco, tão pouco… que ainda nem se vê! Quase posso afirmar… NADA.

No ano em que José Sócrates foi empossado Primeiro-Ministro de Portugal, tive a ideia de entrar em contacto com ele, via sítio do governo, para expor as minhas ideias sobre veículos híbridos e veículos movidos a GNC e GNL. Claro está, pois hoje nada existe em Portugal, que as minhas modestas sugestões para o desenvolvimento deste mercado se resumiram ao envio de uns simpáticos e-mails por parte do Governo, os quais guardo na minha conta G-MAIL, e que nada foi feito.

Temos um País completamente retrógrado!
Nós (excluo-me deste Nós) não queremos carros híbridos nem a GNC, GNL, GPL etc… pura e simplesmente porque somos… “Neandertais”!

Só queremos saber de carros com não sei quantos “mil cavalos” e que dão duzentos e muitos à hora… enfim… somos os tótós completos!