564…

É sempre um prazer…

É sempre um prazer… conseguir olhar para estas belas vistas… A seguinte fotografia foi tirada em 1984

1984… já passaram uns anos… e nela conseguimos já vislumbrar o início… Entretanto os anos foram passando… a nossa capacidade evolutiva foi crescendo… e chegamos a 2011… Bravo…

E aqui está… esta NOVA E BELA PAISAGEM… fruto da nossa infinita e modesta capacidade de destruir os ecossistemas…

Comparada com a imagem inicial, nem sei porque motivo alguém tira fotografias a um animal humano deitado no chão perto de água… quando temos estas maravilhas para fotografar…
É certo que nem todos conseguem ainda ir ao espaço para tirar fotografias assim… mas estas belas paisagens não são menos belas se tirarmos fotografias ao nosso nível rastejante… ora vejam a beleza da nossa criação tiradas ao nosso nível rastejante… (cliquem nelas para ampliar!)

E então? Somos ou não somos bem melhores que a Natureza a produzir paisagens espectaculares?

E como nós europeus gostamos tanto, mas tanto, de ver estas paisagens, já temos alguns governos, entre os quais destaco o do Reino Unido, que está a fazer os possíveis e impossíveis para que esta forma de Arquitectura Paisagística não seja abolida… Afinal estes arquitectos precisam do emprego para sobreviverem… A notícia pode ser lida aqui (com tradução via google aqui)

Epá… tenho que manter a reputação deste blogue e não escrever muito… Assim para terminar fiquem com a imagem lado-a-lado da intervenção paisagística efectuada pela nossa FABULOSA ESPÉCIE entre os anos de 1984 e 2011… é LINDO!

Aviso: esta imagem tem 6,323 KB de tamanho e seguintes propriedades:
Dimensão: 4398×2713 Pixels; 72 PpI; BitspPlane:24; 1 Plane

Pelo que máquinas menos potentes se calhar não a conseguem engolir com facilidade… e tem escala… pois o que seria de nós sem escalas!

Ah… mesmo para terminar… Aquela irritante cor verde que vêem do lado esquerdo desta imagem era Floresta… Agora sim… acabaram as letras… (Utilizei 1696 letras… estou a abusar!)

560…

E agora…

Dois em Uma…

Primeiro um vídeo rápido de ver… mostra em poucos segundos a dispersão de radioactividade no Oceano Pacífico entre 11MAR2011 e 05AGO2011, fruto da Falha Catastrófica da Central Nuclear de Fukushima… Sim… Fukushima ainda existe, ou pensam que só porque já não vêem nada na “Caixa Mata Cérebros” que aquilo já está bom?!? E provavelmente a realidade é pior que esta projecção…

Vamos lá ao vídeo,

E agora algo mais suave, mas não menos catastrófico… demora é mais um bocado… mas vale a pena!

Não tem legendas em PT… mas para compensar tem uma fotografia excelente!

TAR SANDS… E a destruição continua… intrépida e serena…

550…

Positivismo…

Negativismo…

Optimismo…

Pessimismo…

Realidade…

As quatro primeiras palavras servem para qualificar o modo como alguém vê a última palavra… E curiosamente a nossa mente não é muito dada ao Negativismo e ao Pessimismo… Basta para tal uma breve visita ao “pai dos burros” para nos darmos conta de que até na definição que nós próprios damos a estas palavras somos tendenciosos… Ora observem

Positivismo – Sistema filosófico que, banindo a metafísica e o sobrenatural, se funda na consideração do que é material e evidente

Negativismo – Filosofia negativa

Enquanto o ‘+’ tem direito a uma “explicação” mais detalhada… o ‘-‘ é remetido para uma explicação de apenas duas palavras, sinal que estas definições foram escritas por alguém optimista!

Bem… chega de conversa entediante…

Esta mensagem tem por objectivo demonstrar que o cérebro do animal humano que a está a escrever é capaz de escrever algo com Positivismo… algo Optimista… Coisa rara meus caros leitores, coisa rara… ficará está mensagem, sem dúvida, nos anais deste espaço virtual…

E então aí vai…

Areias Betuminosas

Não é a primeira vez que escrevo sobre elas… o que é estranho pois perder TEMPO a escrever sobre areias não é em si mesmo algo de muito positivo… mas enfim…

A PROPAGANDA…

Mas a propaganda não fica por aqui…

Como podem ver a propaganda é construída para ser servida aos animais humanos com idades desde os 6 aos 90… Pois assim a mensagem que que as Areias Betuminosas são “nossas amigas” fica retida no cérebro fraco destes animais e será transmitida como algo de Positivo…

Há 200 MILHÕES DE ANOS…

É mais ou menos por esta altura que se formaram estas areias, e onde estão elas?

… Estão por debaixo de quilómetros e quilómetros e quilómetros de Floresta… Floresta esta que existiu (e ainda existe) há mais TEMPO que a nossa espécie ou as duas anteriores que nos antecederam, que diabo, que todas as espécies que nos deram origem!

Para os que estavam a nanar nas aulas de Biologia! O primatas pré-humanos surgiram há cerca de 4 milhões de anos…

Continuando… Pena que na PROPAGANDA das Areias Betuminosas não esteja incluída uma visita guiada a um dos locais REAIS de exploração…

https://picasaweb.google.com/s/c/bin/slideshow.swf

Assim, após tudo isto que viram… a REALIDADE parece agora outra? Antes de escrever a minha mensagem optimista, deixo-vos ficar mais umas informações:

Existem só na região de Athabasca, Canadá, segundo os escribas modernos, cerca de 1.000.000.000.000 barris de bitumen.
Que no auge da exploração deste bitumen uma área de floresta equivalente à Inglaterra terá sido industrializada.
Que para processar os tais 1.000.000.000.000 barris de bitumen são necessários 3.000.000.000.000 barris de água doce.
Que para aquecer esta água misturada com soda caustica (e outros fins residuais) gastam-se POR DIA entre 40 a 45.000.000 m3 de gás natural.

E agora sim, finalmente a minha mensagem OPTIMISTA, vinda de alguém que por breves 90000000000 nanosegundos, se converteu ao POSITIVISMO:

Daqui a 200 MILHÕES DE ANOS a zona que agora está a ser destruída por uma espécie que por azar passou neste Planeta perdido no Universo terá novamente este aspecto…

Vá, digam lá agora, que não sou capaz de visão Optimista?!?

Já agora e mesmo para terminar… Para mim ser Optimista hoje em dia, é o mesmo que ser Ignorante em Relação aos factos e dados que temos ao nosso dispor… É procurar não ver aquilo que está à nossa frente… é NÃO PENSAR nos factos e dados … pois afinal de contas PENSAR em tudo aquilo a que temos acesso, mas que preferimos “não querer saber que existe”, DÓI e PROVOCA DESCONFORTO.

525…

A maioria dos meus caros seguidores não leu uma mensagem que agora tem o seu seguimento, pois na altura creio que nem 30 seguidores seguiam este espaço de loucura…

Assim fica aqui a ligação para melhor entenderem esta mensagem que agora estão a ler…

O projecto do oleoduto não acaba com a construção do mesmo. Isto porque o oleoduto termina junto a uma baía num local a que os Canadenses chamam Kitimat. E neste local a infra-estrutura está já pronta a bombar…

E está pronta a bombar o petróleo retirado das nossas queridas e muito estimadas TAR SANDS para navios tanque… petroleiros!!!

Agora a parte do seguimento… a parte bonita…

Podem ver a seguir fotografias do caminho pelo qual vão começar a navegar por ano 
 

225 petroleiros

http://www.flickr.com/slideShow/index.gne?set_id=72157627657462672&tags=%2C

Era uma região bonita… não era?

Mas fica mais bonita assim… não acham?

Nada como uns belos petroleiros a cruzar a paisagem entediante que a Natureza tem a mania de produzir!

Break 116…

E é assim que as Corporações e os Estados iludem e manipulam a MANADA…

Antes de ver este vídeo tem que ler a mensagem anterior… e se quiser leia também as mensagens com as mesmas etiquetas que esta… (“Lá está este chato do caraças… lê lê lê… safa ainda fico cego(a)”)

Mas o mesmo bom é, o canal onde passou este anúncio… o Canal da Oprah… o

Oprah Winfrey Network

Desde que paguem… o canal da senhora é Democrático e Livre… têm é que pagar… claro.

433…

Espero que tenham gostado do filme que sugeri para este domingo, que já lá vai…

Esta situação é provavelmente uma das ÚLTIMAS DESTRUIÇÕES MASSIVAS DE ECOSSISTEMAS por parte da nossa espécie nesta ERA DO CARBONO…

O futuro também não é muito fabuloso… basta ver a gigantesca área de zona amazónica que querem “afogar” para irem para a tal “energia renovável”…

Enfim… como já escrevi, tantas e tantas vezes… enquanto não aceitarmos que o problema somos NÓS e o NOSSO número insustentável de animais… não teremos, como espécie, muito futuro.

Por agora… fiquem com estas belas imagens de uma BELA FLORESTA BOREAL…

Cliquem nas imagens para ampliar (vale a pena!)

POIS… ESQUECI-ME FOI DE VOS AVISAR QUE TINHAM QUE IMAGINAR AS ÁRVORES… UPS!!!

432…

Agora o filme para um Domingo bem passado…

Só vamos mesmo parar… quando já não existirmos.

Não tem legendas… mas também não são precisas! O que vemos dispensa qualquer tipo de leitura…

300…

Um dos maiores atentados a decorrer neste preciso momento contra o Ecossistema local, e no futuro, contra o Ecossistema Global, é a extracção de petróleo a partir das areias betuminosas (TAR SANDS)…
É ainda mais grave do que o actual derrame do Golfo do México…

Vejam o seguinte vídeo (se precisarem de legendas…)

Continuamos a assistir e a ajudar, impávidos e serenos, à destruição dos ecossistemas que são os nossos suportes de vida… existe uma petição a decorrer… assine se assim entender… clique aqui
(só dá para escolher como país os EUA… mas o que é que isso interessa!!! os problemas ambientais são GLOBAIS e somos todos Terráqueos)

A Terra está a definhar, nós morreremos, ela recuperará…

mais sobre este tema neste blogue aqui

294…

Para quem acha que ainda há esperança… de a situação se alterar para um Mundo ECO e SUSTENTÁVEL…

“…It’s amazing.”

87…

As “Oil Sands” no Canadá…
Volto a este tema para vos mostrar uma imagem de satélite bem recente, é de 29 de Julho de 2009, para verem a beleza para que estamos a contribuir (msg 21… e 22…)
Reparem na escala… e isto é apenas um local de exploração!

22…

É assim que o Governo de Alberta, Canada, anuncia as “Oil Sands”:

“Welcome to Alberta’s Oil Sands, the second largest source of oil in the world after Saudi Arabia. Through responsible development, advancement of technology and significant investment, the Government of Alberta in conjunction with industry seeks to enhance Alberta’s role as a world-leading energy supplier. New projects are being added every year and production is expected to increase from 1.31 million barrels per day in 2008 to 3 million barrels per day in 2018, keeping pace with demand and providing a sound economic basis for the future”

UM MOTIVO DE ORGULHO NÃO HAJA DÚVIDA!!!

De uma área de floresta virgem passamos para aquilo que já viram nas mensagens anteriores… mas não faz mal, pois segundo as empresas envolvidas e o governo, depois de terminada a exploração, cerca de 30 a 40 anos em cada mina, serão plantadas novas árvores!!! e assim tudo está bem…
E não pensem que ficará por aqui! As empresas já investiram mais de 50 biliões de dólares desde 2000, só em 2008 foram investidos cerca de 20 biliões de dólares! Claro está que se investiram… vão ter retorno bem superior ao investimento.
E porquê valores tão elevados?
Para se produzir um barril de petróleo através destas areias é preciso:
1º Derrubar a floresta;
2º Remover cerca de 2 toneladas de turfa;
3º Remover cerca de 2 toneladas da própria “oil sand”
4º É  necessário utilizar e aquecer (com gás natural) cerca de 720 lts de água doce desviada do rio Athabasca, as minas têm autorização para desviar até 359 milhões de m3 de água deste rio.
5º Esta água é depois lançada para uns “lagos de dejectos” (tailings ponds), que segundo as empresas exploradoras são sujeitas a tratamento… (está-se mesmo a ver)

E assim, mais uma vez, descobriu o ser humano uma forma de ir destruindo o Planeta aos poucos…

21…

Desta vez antes de escrever o texto… nada como ver!