203…

Continuação…

Lixo… nem deveria escrever esta palavra… pois até nisso temos a mania que somos snobes…
Vamos lá entrar na onda…
Os R-E-S-Í-D-U-O-S que nós, portugueses, produzimos são, segundo as últimas estatísticas do Eurostat, os seguintes (dados de 2008):

477 Kg/pessoa/ano 

de lixo municipal (já deixei a onda snobe e voltei à realidade) (é o lixo produzido na maioria pelas habitações, mas também por pequeno comércio e outras organizações e que é recolhido pelos serviços municipais)

Número impressionante… mas o pior são os números seguintes:

65% destes 477 Kg vão para os aterros (310.05 Kg)
19% destes 477 Kg são incinerados (90.63 Kg)
9% destes 477 Kg são reciclados (42.93 Kg)
e
8% destes 477 Kg vão para a compostagem  (38.16 Kg)
(se alguém reparar: a culpa não é minha os dados foram retirados do relatório tal e qual!!!)

NOVE PORCENTO de RECICLAGEM!!!!

Ando eu desde 1996/7 a separar os meus “resíduos” e ao fim de 14/13 anos ainda só reciclamos NOVE porcento?

Só me apetece ganir!

202…

Continuação…

Andamos a pagar eco-taxas, e outros impostos, para que o lixo seja “minimamente” reciclado/tratado… ora para mim é uma frustração imensa saber que o meu trabalho de separar o lixo, ir depositá-lo num eco-ponto, e por vezes a um eco-centro, tem como resultado final isto…

É isto Reciclar? É esta a chamada política dos 3R?
Continua…

201…

Nós, os Povos Desenvolvidos que habitam os ditos Países Desenvolvidos…

O que fazemos?

“Roubamos” os recursos minerais e energéticos de todos os países ditos “Países em Vias de Desenvolvimento”…

Roubamos tudo aquilo que possam imaginar… até comida, a “boa e bonita” pelo menos…
E como se não bastasse…
Qual o pagamento que estes Países têm? Fantástico…
É receber o nosso lixo…

Continua…