699…

bicicleta_batedeira

“Antes do artesanal…”

Antes de publicar aqui a “fórmula secreta” para um sabão/champô que a nossa Querida Amiga Lúcia utiliza, vamos relaxar um pouco e rir… Pois afinal de contas dizem que RIR faz bem à saúde mental e física…

Começo então com os ESCRAVOS…

escravo_capitalista_bebe

O ar de alegria deste ESCRAVO recém-nascido e revelador do que o espera… Ou talvez não!

Assim que nascem, a maioria dos animais humanos já tem na CIVILIZAÇÃO ACTUAL uma determinada função… E só muito dificilmente conseguirão fugir dela…

A função destes ESCRAVOS é dupla: CONSUMIR e simultâneamente produzir os BENS DE CONSUMO… Quando o SISTEMA MONETÁRIO (SM) esta a funcionar sem grandes rochas nas engrenagens a coisa até se desenrola sem grande confusão… Felizmente que o SM é farto em Altos e Baixos… E hoje em dia estamos perante um Baixo, mas APENAS PARA A MAIORIA DOS ESCRAVOS.

escravo_humano

Estes fazem o que podem para serem reconhecidos como peças do SM, e podemos vê-los aqui na imagem a trabalharem para sobreviver… Mas, como é lógico, estes ESCRAVOS só têm lugar na máquina enquanto forem “necessários”…

Ao mesmo TEMPO que estes ESCRAVOS dão tudo por tudo para empacotarem os produtos, outros ESCRAVOS noutro local do Planeta, estão a desenvolver TODOS os esforços para que as Corporações se possam livrar destas “peças”… E estão em vias de conseguir!

escravo_robo

“BAXTER o robô…

Filho de Rodney Brooks”

Este é o MAGNÍFICO ESCRAVO ROBÔ DO FUTURO…

Sim do FUTURO, mas que dentro de alguns meses será o PRESENTE! Foi graças à empresa Rethink Robotics que o seu Pai (sim os homens já não necessitam das Mulheres para terem filhos!) Rodney Brooks conseguiu, após longa gestação, parir o Baxter… Com este BELO ESCRAVO ROBÔ, os ESCRAVOS HUMANOS podem começar a fazer contas à vida, pois o FUTURO será o DESEMPREGO…

Qual vai ser a CORPORAÇÃO que não vai querer TROCAR OS ESCRAVOS HUMANOS, por este BELO ESCRAVO ROBÔ? Sim porque este menino é barato, e só precisa de manutenção e energia! Os obsoletos ESCRAVOS HUMANOS só dão dores de cabeça… Eles ficam doentes, as fêmeas grávidas, todos querem férias, e dias de folga, e horas para comer, e pausas para fumar, e pausas para irem urinar ou defecar, pior… Muitos querem subsídios de férias e natal e cartões de crédito e carros da empresa (escravos de nível superior!) e sabe-se lá mais o quê!

Enfim… Finalmente a VERDADEIRA SOLUÇÃO está a chegar… Já faltou mais!

E até vem a calhar, pois o DESEMPREGO ainda só afecta uns poucos ESCRAVOS HUMANOS na Europa, algo como cerca de 26.000.000 de ESCRAVOS estão na boa vida!

E pelos vistos num FUTURO não muito distante o número irá aumentar…

Mas nada de preocupações! A solução para o problema do desemprego e para o excesso de ESCRAVOS sem nada para fazer está para breve!

escravas_militares

“Finally! Pentagon Will Lift Women In Combat Ban”

É verdade… As Mulheres Americanas regozijam com a notícia de que em breve poderão ser Militares de Corpo Inteiro e participar em todas as missões e cargos das forças armadas… Finalmente vão conseguir dar uns tiros e matar uns quantos terroristas…

escravo_terrorista

Claro que também estão sujeitas a serem mortas ou estropiadas… Mas quem quer IGUALDADE, tem que aceitar TUDO! E nada melhor que uma BOA GUERRA, de preferência a nível mundial, para testar as MULHERES em combate, e assim REDUZIR SIGNIFICATIVAMENTE O NÚMERO DE ESCRAVOS DESOCUPADOS!

Podem então continuar a RIR…

Infelizmente há situações em que não conseguimos ver o riso estampado na face…

poluicao_china

Na China, mais concretamente em Beijing, a poluição é de tal ordem que… São óptimas notícias para as seguintes marcas de automóveis:

gmvwhyundai

para estas três Corporações… QUANTO MAIS POLUIÇÃO MELHOR!

E tudo porque só assim, COM MAIS POLUIÇÃO, é que o governo chinês irá avançar com medidas para tentarem reduzir as emissões… E como parece que querem seguir os padrões europeus (devido quem sabe ao prémio nobel da paz!) estas marcas já estão a fazer contas ao LUCROS gigantescos que por aí vêm…

Uma delas até já está a preparar o terreno…

GM_china

visto estar a tentar convencer os chineses a construir uma fábrica de automóveis, lá mesmo… Na China!

Assim fica tudo em casa!

E falar de automóveis é o mesmo que falar de petróleo… E falar de petróleo é divertido…

Nos EUA 53 senadores solicitam a aprovação urgente do oleoduto Keystone XL
senadora_urge

A mulher está mesmo aflita! É mesmo urgente construir o oleoduto… Caso contrário o petróleo das TAR SANDS CANADIANAS vai tudinho parar aos carros dos Chineses! E estes já fizeram acordos com o Canadá para que tal suceda!

Claro que as TAR SANDS são uma forma VERDADEIRAMENTE ECOLÓGICA E SUSTENTADA DE EXTRAIR PETRÓLEO

Mas nada que preocupe os ESCRAVOS…

Para estes a PREOCUPAÇÃO CONTINUA, E CONTINUARÁ, A SER

CONSUMIR

E

PRODUZIR BENS DE CONSUMO

Pronto… já chega de tantas palavras…

A próxima mensagem vai bater todos os recordes deste blogue… Em termos de conteúdo, e de palavras!

Até lá… RIAM… RIAM MUITO… Faz bem!

Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

5 comentários

  1. VOZ, receba o meu forte fraterno abraço pleno de afeto. Continue firme no amoroso treinamento; estou sempre por aqui. A derradeira aventura está em curso acelerado. O jogo segue em nossa limpeza… Sinto muito, me perdoe, o amo, sou grato

    Responder
  2. Mundo insano, não é? Onde está o instinto maternal dessas mulheres? O instinto de cuidado, de protecção? E porque é que o prejuízo de uns é o benefício de outros? Desde quando poluir é benéfico? Coitado do bebé, um sorriso tão bonito, tão inocente, nem sabe onde veio parar… Ou então sabe, pode ser que ele também faça ouvir a sua Voz…

    Ui, fórmula secreta… Quando te mandei o mail, a minha reacção foi: “fixe, o Voz vai fazer uma mensagem”: Mas depois pensei, será que mesmo numa situação tão simples como fazer sabão artesanal, não estaremos a contribuir para esse mundo doentio (por causa dos materiais, escolhemos a madeira e damos cabo das árvores, ou optamos pelos plásticos que não se degradam?) A minha reacção passou a ser: “credo, o Voz vai fazer uma mensagem! Medo!” É que não te escapa nada… De qualquer forma, vou te escrever novamente, tenho mais dois acrescentos a fazer.

    Bjos!

    Responder
  3. Anónimo

     /  Janeiro 28, 2013 - 16:49

    Dedo na ferida … pumba, mas para a maioria nem doi. Vá-se lá saber porquê!
    Efectivamente o trabalho humano está em vias de redução já há algum tempo e assim vai continuar. Para já, dizer extinção, é um pouco exagerado.

    No livro ‘Manifesto contra o trabalho’ dizem os autores ( Voz, vais gostar de ler):

    ‘ Um cadáver domina a sociedade – o cadáver do trabalho. Todas as potências do globo estão coligadas em defesa desta dominação: o Papa e o Banco Mundial, Tony Blair e Jörg Haider, sindicatos e empresários, ecologistas alemães e socialistas franceses. Todos eles só têm uma palavra na boca: trabalho, trabalho, trabalho.

    Quem ainda não desaprendeu de pensar reconhece sem dificuldade a inconsistência desta posição. Porque a sociedade dominada pelo trabalho não vive uma crise transitória, antes está chegada ao seu limite último. Na sequência da revolução microelectrónica, a produção de riqueza desligou-se cada vez mais da utilização da força de trabalho humano – numa escala até há poucas décadas apenas imaginável na ficção científica. Ninguém pode afirmar com seriedade que este processo voltará a parar, e muito menos que possa ser invertido. A venda dessa mercadoria que é a força de trabalho será no século XXI tão promissora como foi no século XX a venda de diligências. Porém, nesta sociedade, quem não consegue vender a sua força de trabalho torna-se «supérfluo» e é atirado para a lixeira social.

    Quem não trabalha, não come! Este princípio cínico continua em vigor, hoje mais do que nunca, precisamente porque está a tornar-se irremediavelmente obsoleto. Trata-se de um absurdo: a sociedade, nunca como agora, que o trabalho se tornou supérfluo, se apresentou tanto como uma sociedade organizada em torno do trabalho. Precisamente no momento em que está a morrer, o trabalho revela-se uma potência totalitária que não tolera nenhum outro deus junto de si. Dentro da vida psíquica, dentro dos poros do dia a dia, o trabalho determina o pensamento e os comportamentos. E ninguém poupa despesas para prolongar artificialmente a vida desse ídolo, o trabalho. O grito paranóico dos que clamam por «emprego» justifica até que se aumente a destruição dos recursos naturais, com resultados há muito conhecidos. Os últimos obstáculos à total comercialização de todas as relações sociais podem ser postos de lado, sem qualquer crítica, na mira de meia dúzia de miseráveis «postos de trabalho». E a ideia de que é melhor ter um trabalho «qualquer» do que não ter nenhum trabalho tornou-se uma profissão de fé universalmente exigida.

    Quanto mais se torna claro que a sociedade do trabalho chegou definitivamente ao fim, mais violentamente se recalca este facto na consciência pública. Por diferentes que possam ser, porventura, os métodos de tal recalca mento, têm um denominador comum: o facto, mundialmente constatável, de o trabalho se revelar irracional enquanto fim em si mesmo, de ser algo que se tornou a si próprio obsoleto, é transformado, com a obstinação típica de um sistema delirante, em fracasso pessoal ou colectivo dos indivíduos, das empresas ou de certas «localizações» geográficas. As limitações, que objectivamente são do próprio trabalho, devem passar por problema subjectivo dos excluídos.’

    Fica no ar a pergunta feita por moi:
    Numa sociedade que assenta no par produção-consumo, com o aumento do desemprego em curso e cuja característica principal se apoia na irreversibilidade em função da sua substituição por sistemas robóticos e automáticos, quem vai consumir os bens produzidos?

    abraço
    Krowler

    Responder
    • Olá Krowler… Qualquer dia não tenho pestanas😆😆 Só livros!

      Esta resposta tiro de letra!!!

      É simples… Nós somos a futura mão-de-obra barata e especializada que vai produzir os bens de consumo para os países emergentes, Brasil, Índia, China, etc… Lá o surgimento de milionários, e de bilionários, é fantástico (um exemplo)!

      Não te esqueças que a sociedade é agora planetária!

      E como o SISTEMA MONETÁRIO gosta daquela coisa a que chamamos “escassez” pois só assim os produtos “valem” muito, lá iremos nós começar a produzir os bens dos novos ricos Orientais… Além disso o controlo do DINHEIRO está nas mãos de PRIVADOS e como tal não haverá nunca divisão equitativa do mesmo… Afinal incutirmos nas crianças escravas o espírito da COMPETIÇÃO tem um objectivo!

      Se sobrarem ESCRAVOS em demasia… UMA QUALQUER GUERRA AJUDA A DINAMIZAR A ECONOMIA E A LIVRAR O SISTEMA DO EXCESSO DE ESCRAVOS…

      Abraço😉

      Responder

Escrever um pensamento...

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: