612…

“Que paisagem tão desoladora…”

A imagem de cima é a prova de que somos uma espécie sem futuro…

O que é aquilo?

Onde está o betão e o aço?

Não ficava mais bonita e natural aquela paisagem se nós fossemos capazes de lá construir uma beleza destas?

Pois é… Mas não somos capazes de tal feito e como tal o nosso futuro vai ser mesmo miserável…

Barragens…

Pois foi… Em Novembro do ano passado escrevi sobre barragens e… fui castigado!

Agora que passou tempo suficiente para recolha de dados comportamentais… e como gosto de ser castigado (não vale gozar!) vou voltar ao tema…

Barragens…

Nós, Portugas, somos assim… da forma que escrevi em Novembro e nada nem ninguém nos vai fazer mudar.

Barragem do TUA

É obra a decorrer… E pouco importa a malta que por lá andou a protestar e a abanar cartazes…

Como puderam observar… telas de tecido com palavras escritas não foram capazes de parar as máquinas… Nem as visitas ao acTUA de VIP’s surtem efeitos… A enorme e imparável força que é a evolução do betão não pode ser travada com acções deste género…

Para esta barragem os Portugas tentaram, ou ainda estão a tentar, utilizar a forma mais comum nos dias que correm… A PETIÇÃO…

E aqui está ela… A PETIÇÃO… Há data da edição desta mensagem tinha o número avassalador de “54 pessoas já subscreveram

São poucos mas bons… disto não duvido… Infelizmente já lhes tentei mostrar que caneta e tecidos… não funcionam!

Mais uma?… Embora lá!

Aproveitamento Hidroelétrico de Lourisela…

Afirma a Câmara Municipal de Sever do Vouga

“Paisagens,gastronomia, património, aventura, vivências,  suas gentes e muito mais….”

E muito bem… Afirmado. Neste caso a Câmara está ao lado dos Portugas que protestam, até já emitiu a seguinte deliberação (retirado daqui)

E agora? Será que os Portugas estão mais motivados para a LUTA da caneta virtual? Vamos lá consultar A PETIÇÃO

Pois… Há data da edição desta mensagem tinha o número, igualmente, avassalador de “695 pessoas já subscreveram

Se os Portugas nem aproveitam a ajuda dos políticos que desta vez estão pela não construção do empreendimento, o que dizer?

Bem, devo acrescentar que o motivo da câmara é, logicamente, o económico, que por sorte desta vez coincide com o ecológico e a coisa vai na mesma direcção…

Podia dar mais exemplos… mas para o que é já serve!

Barragem de Belo Monte…

Como?!? Não conheço esta… em que zona de Portroikal (novo nome do antigo país conhecido por Portugal!) fica esta barragem?

Bem… esta não é para nós… seus gulosos!

Esta é para os Brasileiros… São eles que querem construir uma barragem… E lá, como cá, a contestação faz-se ouvir… Curiosamente neste caso os Portugas excederam-se…

E nas várias petições e acções levadas a cabo pela Avaaz já mais de 5.000 pessoas, que se dizem serem de Portroikal (Portugal), assinaram as petições!

Ainda dizem que não somos amigos!!!

Não preciso escrever mais nada… os números são elucidativos…Natureza sim… Preservar sim… Mas lá, cá não!

Mas, por falar em números… e em barragens… e em Belo Monte… e em produção de energia “VERDE”…

Hoje li uma notícia…. esta

Título…

“EDP Renováveis celebra entrada em operação do Parque Eólico de Cidreira I – 5/4/2012”

E os bacanos estão felizes… O parque ocupa uma área de 8.32 Km2 e tem capacidade instalada de 70MW… De energia “verde” isto tem pouco…

O quê? Não acham? Então vamos lá a contas da treta (as únicas que sou capaz de fazer😆 )

Belo Monte:                                            * Parque Eólico:

Área de Albufeira – 515 Km2                * Área de implantação: 8.32 Km2

Capacidade instalada: 11.000 MW      *  Capacidade instalada: 70 MW

E que tal? Ah… pois, faltam as contas!

Então para se obter através de parques eólicos a mesma capacidade instalada na barragem, qual a área a ocupar? (pergunta boa para exame de 4º ano)

É preciso ocupar uma área de 1307 Km2

São só mais de duas vezes a área da albufeira da Barragem de Belo Monte… Mais ei…. Energia Eólica é Hiper-VERDE… pelo menos é o que nos impingem por aí!

Só nos deitam para os olhos a fase da produção… Tudo o que está a jusante népia… E como sabemos a nossa querida “Pegada Ecológica” para uma turbina completa deve ser de fugir… Entre os metais raros, a minagem, o transporte, a construção, de novo o transporte, a montagem… bem nem vale a pena ir por aqui que é para não começar a chorar lágrimas verdes!

Enquanto continuarmos a não querer ver a verdadeira causa , continuaremos rumo à miséria!

Pronto… Pronto… Estou quase a terminar…

“DEIXE A NATUREZA CUIDAR DE SI PRÓPRIA”

Podem começar!

 

Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

14 comentários

  1. Olá Voz,
    Só ligam à parte da produção… mas Hey!!! de certeza que a mão de obra não vai ser portuguesa!! É bem feito, da vez que merecem… depois de ter lido o que escreveste! IMPRESSIONANTE!!! Ando aqui eu feita tansa a gastar horas a assinar petições… 👿

    Responder
  2. Tenho a dizer-te que o post está espectacular! Esqueci-me… porque quanto mais lia, mais furiosa ficava. Que triste País. A mana mais nova disse-me e ela sabe, que um dos povos do mundo que corre mais o risco de extinção é o português… é natural e pelos vistos, está por poucos anos.

    Responder
    • Olá Fadinha… Extinção… Mais que óbvio! Basta ver tudo o que é indicador e a conclusão não pode ser outra… Seremos absorvidos pelos galegos, quem sabe! Os nossos manos espanhóis… que até já andam por cá a fazer patrulhas policiais… É para nos irmos habituando!
      Quanto à mensagem… Vê esta petição… Por um lado demonstra e comprova que nós adoramos betão e aço, por outro é mais um sinal do mais que provável desaparecimento da “raça lusitana”… e não estou a falar do solípede!

      É deixar andar… estamos tal sapos em água a aquecer lentamente!… Depois quando dermos conta já não temos forças para saltar da panela! (não vejo a necessidade de utilizar um sapo real para demonstrar o teste…)

      Responder
  3. Voz, tirando o pobre sapo, esse ANÚNCIO É REAL?!😯 Pena o sapo…😦 embora exemplifique o que acontece connosco, senão fazia um post.😦
    Já assinei a petição, obrigada.

    Responder
    • 😆 Fadinha MAIS QUE REAL… já é utilizado em nova iorque e noutras cidades sempre que os escravos se lembram de protestar… E não só!

      aqui, aqui, aqui, aqui… enfim é só buscar! Estado Policial em acção e em breve o Estado Totalitário será um facto consumado… as 8 Famílias agradecem!

      Responder
    • Fadinha… Vê este sem sapo… sem legendas… mas chega à parte em que o bófia diz “não faço ideia”…” mas suspeito que você é um terrorista!”… Somos todos!

      Responder
  4. aNaTureza

     /  Abril 8, 2012 - 00:01

    Assinar petições, será o mínimo dos mínimos que se poderá fazer, mas como pelos vistos nem isso, salvo raras as excepções.
    São muito poucos os que fazem mesmo alguma coisa para além de terem opinião e sendo assim, tanto faz tê-la, não serve mesmo de muito.
    Se toda a malta resolvesse reagir de facto, as coisas seriam diferentes…
    Mas basta olhar para a malta feliz assim como o pobre sapo, para perceber que simplesmente não querem saber e muito menos fazer alguma coisa.
    Quando crescer, tb quero ser sapo…ooops, inconsciente…

    Claro Voz, já viste o que se tem que ler para se ter conhecimento do que se passa á nossa volta? Claro, és tu em mil. Já viste o que se tem que ler para assinar uma petição? uma estafa uffffff, ter que abrir a petição, ler, em vez de estar no FB…

    É uma estafa querer que todos saibam o que se passa. se eles próprios não querem saber

    Responder
    • Olá Ana… “em vez de estar no FB…” a falar sobre a protecção da natureza!😎

      Tens razão… é o mínimo dos mínimos, abaixo da linha do mínimo do comodismo!

      Vou resumir😆 : A maioria não quer alterar nada de nada, pois sabe que a alteração apenas lhes trará mais responsabilidade e mais trabalho.

      Parece que tu e eu vamos ser sempre crianças conscientes!😎
      Bjhs

      Responder
  5. Muito grata pelo certificado.
    Beijos, Elaine

    Responder
  6. aNaTureza

     /  Abril 8, 2012 - 01:47

    Um relatório da insuspeitíssima Defense Intelligence Agency, solicitado pela não menos insuspeitíssima Hillary Clinton, avisa que dentro de dez anos a instabilidade do acesso à água será tal que ela será usada como arma, especialmente em sítios próximos das bacia hidrográficas do Nilo, do Tigre, do Eufrates, do Mecão, do Jordão, do Indo, do Brahmaputra e do Amu Darya.

    http://www.dni.gov/nic/ICA_Global%20Water%20Security.pdf

    Venda da Águas de Portugal avança até final de 2012:

    http://economico.sapo.pt/noticias/venda-da-aguas-de-portugal-avanca-ate-final-de-2012_140765.html#frameId=ifrSample1&height=360

    Assine e partilhe “A água é de todos! Por um referendo nacional”:

    http://movimentopelaagua.blogspot.com/

    Responder
  7. aNaTureza

     /  Abril 8, 2012 - 02:50

    Alguém que conheço e que come animais, identifica-se imenso com o que aqui está:

    ” O ser humano faz parte do todo a que chamamos o universo, uma parte limitada no tempo e no espaço. Tem a experiência de si próprio, dos seus pensamentos e sentimentos, como algo separado do resto – uma espécie de ilusão óptica da sua consciência. Esta ilusão funciona como uma prisão para nós, que nos restringe aos nossos desejos pessoais e restringe a nossa afeição aos poucos seres mais próximos de nós. A nossa missão é libertar-mo-nos desta prisão, ampliando o nosso círculo de compaixão, para abraçarmos todos os seres vivos e toda a natureza. ”

    Pergunta:
    Alguém que come cadáveres de animais e principalmente nos dias actuais (as curtas vidas deles são muitos bem passadas), pode lá se identificar com isto?
    Resposta:
    Sim, claro. São animais muito bem disfarçados de “carnes”…A hipnose foi tão profunda que não vislumbram que o que estão a comer foram seres vivos, com direito a uma vida plena e nisso até posso incluir plantas, pois podemos comer os seus frutos e folhas sem que morram. É que se come em demasia, é a nossa “cultura” do excesso…
    Sou uma ovelha “ranhosa”…estou a ficar distante do rebanho…
    Tb posso dizer que elas não possuem sistema nervoso, pelo menos como o nosso. Mas se continuasse a conversa, era pano para mangas.
    Podem sempre pesquisar…se quiserem ver a realidade.

    Bem sei que não é a visão da maioria, mas é mesmo o que vejo e sinto.😦

    Responder
  8. aNaTureza

     /  Abril 8, 2012 - 02:04

    Desculpa-me Voz, “plagiei-te”

    Responder
  9. dB… O problema com petições e “algo mais”, é que o povo não consegue ver o todo, ele só enxerga os pedaços!!!
    Se olhasse o todo ( planeta), entenderia que o que faz mal lá, também faz mal aqui!!!
    Mas a manada é buuuuuuuuuuurra e egoísta!!! Só vê o seu lado, vã ilusão, e o tempo passa…. E aquele que há de vir… Já veio… Em vários lugares…
    Beijos querido!

    Responder

Escrever um pensamento...

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: