607…

“Morrer silenciosamente…”

Foi ontem… Mas pouco interessa… O bota-a-baixo continua… Afinal de contas como pode ele parar se não alteramos em NADA a nossa forma de VIVER? Continuamos a adorar fazer festas e festarolas, enquanto isso, nas costas, somos os responsáveis directos e indirectos pela destruição de Florestas ancestrais… Mas que importa isto? As Florestas existem para serem devastadas pelo Homem.

Bem sobre Árvores e Florestas já chega de palavras escritas…

Amanhã, 23 de Março de 2012 é mais um dia de Greve em Portugal…

Mais um daqueles dias em que uns quantos privilegiados fazem greve para que uns outros tantos não privilegiados possam, quem sabe no futuro, obter por tabela alguns privilégios…

Sempre foi assim, e pelos vistos continua… e pelo andar da coisa, continuará a assim ser.

Existir nos dias que correm um Bando de Escravos que ainda tem coragem para ir para a rua gritar contra o Capataz é algo de fenomenal… Os outros Escravos, que pertencem a Plantações nas quais os Capatazes são implacáveis e os prenderão de imediato ao tronco, estes já não têm coragem para nada, alguns ainda têm coragem mas é para falar mal dos outros Escravos, sempre pode ser que fiquem bem vistos aos olhos dos donos e recebam mais uma côdea para comer…  Mas na sua maioria estes apenas aguardam silenciosamente pelo que os outros Escravos serão capazes de fazer… E se a coisa correr de feição… Ah… Se a coisa correr de feição, então aí esboçarão um esforço tímido de revolta!

Infelizmente, de pouco vale aos Escravos com coragem este tipo de luta… O actual Sistema já não é abalado com manifestações deste género. Pode ser que eles se dêem conta disto, mais dia menos dia, e então comecem a BOICOTAR a sério o SISTEMA… Até que esse dia chegue o SISTEMA manterá a sua pujança e altivez!

Para terminar fica um curto vídeo, o documentário está para ser estreado em breve, sobre Mulheres que não vão “Morrer silenciosamente…”, E é destas que o Planeta necessita.

Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

10 comentários

  1. Tibiriçá

     /  Março 22, 2012 - 00:13

    VOZ como sempre tenho dito no meu bloguezinho, aliás postei algumas materias com as quais me identifico…e quero crer que quando o povo faz greve manifestações de rua de nada isso adianta, pois assim como são reféns dos patrões, também o são dos sindicatos da miséria. Eu entendo que deveríamos sim era combater o trabalho na forma como o temos hoje em dia, mas talvez essa seja uma reflexão que ainda não está ao alcance da grande maioria, porém também entendo que o trabalho de divulgação deva continuar…dê uma olhada no link do Tibiriça e veja se o caminho não é por aí?

    http://prezadocarapalida.blogspot.com.br/2012/02/manifesto-contra-o-trabalho.html

    Responder
    • Olá Tibiriçá… Tive que imprimir o texto que me indicas-te! E já o li… Reflexões deste tamanho gosto de ler no papel!Manias!

      Pouco mais se pode acrescentar…Faz tempo venho por aqui escrevendo, agora menos é certo, que apenas quando nos libertarmos do Sistema Monetário e das Religiões conseguiremos então VIVER… é uma maneira reduzida de espelhar o que na reflexão foi descrito!

      Há uma coisa que me deixa sempre com um sorriso na face, é quando nestas alturas de greve nas entrevistas que os MMS fazem à “população”, aparecem sempre uns Escravos a afirmar que “têm o direito de ir TRABALHAR”… São tão lindos… não são?

      Abraço Tibiriçá e obrigado pela ligação para esta reflexão. 😉

      Responder
    • Esqueci-me! Há até uma frase lá que vou imprimir nas minhas etiquetas e colar por aí! Semear as sementes da reflexão! 😎

      Responder
  2. Fada do bosque

     /  Março 22, 2012 - 19:32

    Olá, Voz… não falo da greve pois suponho que isso seja um pau de dois bicos De qualquer forma tens de compreender que as pessoas que trabalham se acham no direito de protestar contra as imposições das corporações e do patronato. Quem sou eu para julgar essas pessoas? aliás para pessoas como eu não faz sentido da vez que não tenho emprego, e isso ainda há quem tenha… não tenho é trabalho, o que é muito pior, nem perspectivas de vir a ter.

    Quanto ás mulheres que morrem silenciosas… sabes que os media colaboram no genocídio pois pertencem às corporações. O que não se admite é o papel dos Estados… que pelos vistos, já deixaram de o ser!!!

    Um beijinho.
    p.s. Essa senhora mais velha não teve medo de dizer a verdade como ela é! Pena não teres relacionado o vídeo com o HIV…

    Responder
    • “Pena não teres relacionado o vídeo com o HIV…” Olá Fadinha… Isso será para a estreia do documentário! A seu TEMPO… temos que ter paciência!

      Quanto à greve… infelizmente as pessoas, como tu apelidas, não fazem a mais pequena ideia de que este tipo de acção não produz efeitos… tirando é claro o de alguns levarem porrada dos Escravos das Fardas!

      Viver para Trabalhar, ou Trabalhar para Viver… é por aqui que as pessoas têm que começar a reflectir…

      Bjhs 😉

      Responder
  3. Olá Voz, Tibiriça e Fada: de todos os resistentes a dominação, os mais perigosos somos nós, heim! Somos aqueles que não se ajoelham para pedir escravidão, ou seja, aqueles que não se regozijam quando estão no sistema de escravatura assalariada. Podem até passar por ele, eventualmente, e em função de objetivos definidos, mas jamais nutrem afeição por ele. E, quando podem saem correndo, a viver com o mínimo possível, sem o menor risco de qualquer desperdício, e tratando de organizar sistemas de simbioses com outros parecidos para garantir a sobrevivência longe do “mercado de trabalho”. Somos aquelas peças raras que amam a contemplação, o ócio criador, as trocas de coisas e ideias, aqueles que são capazes de construir coisas boas e úteis com o que a maioria despreza, os catadores da história. Vocês podem me achar pretensiosa, mas só nós sobreviveremos ao sistema. Agora podem rir a vontade…Abraços

    Responder
    • Meteram-te fita-cola na boca… mas esqueceram-se dos dedos 😆 😆

      maria, Como já uma vez ilustrei através de palavras, nós somos os membros das MANADAS que estão nos limites exteriores das mesmas prontos para as abandonar se virmos que estão a começar a cair no precipício… Se conseguirmos ainda tentamos ajudar os que nos rodeiam a afastarem da torrente!
      Abraços e Bjs 😉

      Responder
  4. Fada do bosque

     /  Março 23, 2012 - 23:34

    Maria… desculpe antecipar-me ao Voz, mas depois de ler o seu comentário, fiquei boquiaberta com a substancia e a carga positiva inerente no seu conteúdo, com uma sensação de bem estar e de partilha. Foi quando os meus olhos se moveram para cima e dei de olho no seu avatar! Não há dúcvda, o Sistema só poderia ter-lhe atribuido um avatar assim! 🙂

    Um abraço.

    Responder
  5. aNaTureza

     /  Março 24, 2012 - 18:21

    Olá a todos,
    Maria, pretensiosa? Antes pelo contrário. Pretensioso é o mundo da nossa espécie que acha que pode controlar um sistema que de si seria perfeito, se é que a perfeição existe.
    Narcisismo, egocentrismo e cegueira.
    Apercebo-me que a minha “linguagem” (que é a tua) não é entendida pela maioria à minha volta, olham para mim como se eu fosse “estranha”, ou seja, vivemos em mundos muito diferentes, qdo acordarem…
    E realmente, o avatar da Maria…

    abraços loooongoooos

    Responder

Escreve um pensamento... E não te preocupes com nada! Tens neste espaço liberdade total para escreveres o que te apetecer e como te apetecer! Sem restrições!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: