Break 136…

“Relaxar…”

Ok… Vamos relaxar um pouco… só para deixar o cérebro assimilar a informação das últimas mensagens e depois voltamos à carga…

“Siiimmmm… ufa, estava a ver que não!”

Pronto, então para descontrair, e para fazermos aquilo que mais bem faz ao equilíbrio eléctrico e químico do nosso organismo, refiro-me ao RISO, vou-vos propor um jogo…

Prontos?

Como é que isto,

está relacionado com isto?

O jogo divertido começou… Vamos lá deixar respostas divertidas… mas coerentes 😉

Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

8 comentários

  1. Fada do bosque

     /  Março 6, 2012 - 18:20

    Olá Voz, na base do copia e cola:

    Escravidão, também escravismo, escravagismo e escravatura, é a prática social em que um ser humano assume direitos de propriedade sobre outro designado por escravo, ao qual é imposta tal condição por meio da força. Em algumas sociedades desde os tempos mais remotos os escravos eram legalmente definidos como uma mercadoria. Os preços variavam conforme as condições físicas, habilidades profissionais, sexo, a idade, a procedência e o destino. (…)

    A exploração do trabalho escravo torna possível a produção de grandes excedentes e uma enorme acumulação de riquezas, contribuindo assim para o desenvolvimento económico e cultural que a humanidade conheceu em dados espaços e momentos: construíram-se diques e canais de irrigação, exploraram-se minas, abriram-se estradas, construíram-se pontes e fortificações, desenvolveram-se as artes e as letras. Nas civilizações escravagistas, não era pela via do aperfeiçoamento técnico dos métodos de produção (que se verifica aquando da Revolução Industrial) que os senhores de escravos procuravam aumentar a sua riqueza; e os escravos, sem qualquer interesse nos resultados do seu trabalho, não se empenhavam na descoberta de técnicas mais produtivas.
    Voz… é fácil, 🙄
    Tornámo-nos escravos do petróleo. Quase tudo depende do petróleo. Como este é fundamental para a guerra e também para o espaço, os nossos “donos” resolveram guardar o resto do stock, uma vez que já atingiu o pico, para eles. Além de nos culparem pelo imaginário Aquecimento Global, ainda nos escravizam com a nova religião verde, dos malditos ecologistas ecotópicos, através do medo.
    Tomai lá renováveis escravos. Vamos esfolar-vos quando comprarem equipamento, super caro e inflaccionado. 😈

    Os tótós alinham todos na maior, até ficarem tesos também. 🙄 E o que mais me irrita, é que vão todos na onda verde.
    Sabias que o projecto Pelamis que nos custou (aos portugas) 9 milhões e nenhum emprego em Portugal, já foi abandonado há dois anos? Andam a brincar!!! Temos um País rico!!! 👿 além do mais, sabiam que o Japão tenta captar energia das ondas desde o fim da 2ª guerra e ainda não conseguiu!! Mais nenhum país tentou devido aos custos e fracos resultados, ou nulos!!
    É que se evoluiu em tudo, menos a nível energético. Nisso não há hipótese, porque tudo o que sejam projectos para consumo barato… lá vão as patentes, vê o caso do Tesla.
    Quero é ver os chineses a alinharem… e os indianos. Isto da Agenda 21 tem que se lhe diga com certeza.
    Resumindo, são sempre os mesmos a ganhar e nós vamos pagar para respirar… e é se queremos! 👿
    Um beijinho.

    Responder
  2. Fada do bosque

     /  Março 6, 2012 - 18:47

    Além que andam todos muito preocupados com a poluição das fósseis… pois tomem lá esta:
    Uma pesquisa foi feita nas proximidades do parque eólico Waterloo, South Australia, que é composto de 37 Vestas V90 de 3 MW de turbinas que se estendem por 18 km (1). Estas mega turbinas são descritas como emitindo um ruído de frequência mais baixa (LFN) que os modelos menores, e isso faz com que mais pessoas sejam afetadas, e em distâncias maiores, pelos sintomas habituais da Síndrome de Turbina Eólica (WTS): insônia, dores de cabeça, náuseas, estresse, dificuldade de concentração, irritabilidade etc, levando a uma saúde mais precária e uma redução de imunidade à doença.

    Responder
    • Olá Fadinha… Pelos aspectos apenas nós os dois ainda andamos com disposição para “Relaxar”.. 😆 Tirando os teus 👿 já me deu para rir e consequentemente relaxar. Obg 😉

      Quanto ao Pelamis 😆 😆 😆 Fadinha vai aqui e ri-te… Foi em 2009 😯 a minha mensagem e teu comentário…
      Bjhs Fadinha

      Responder
      • Olá Voz, amiguinho querido, 🙂

        Eu sei que tu sabes… só faltava! 😯 Mas nunca é demais salientar para quem aqui vem espreitar pela 1ª vez, o que é a máfia dos renováveis. Tão boa ou pior, se não a mesma que o máfia dos fósseis! Ainda bem que colocaste o link! É para verem o que é ser um País rico!

        E então?! Não há mais respostas?! Será que foi assim tanto na mouche???? 😉

        Eu meto os mafarricos… porque é isso que me apetece ser muitas vezes! 👿 😈

        Um beijinho

        Responder
  3. Relaxar, é mesmo o que estou a precisar. Beijinhos

    Responder
  4. Quanto a esta… fácil… e divertido! Os mafiosos da Goldman já estão a encher os bolsos dos políticos americanos com uns trocos para eles escreverem as leis de regulação desta nova mina… que será em 2020 a NOVA BOLHA DOS MERCADOS FINANCEIROS… Serão triliões… claro que nós ESCRAVOS é que vamos suportar os encargos desta palhaçada…

    É divertido ou não? 😆 😆 😆

    Responder

Escreve um pensamento... E não te preocupes com nada! Tens neste espaço liberdade total para escreveres o que te apetecer e como te apetecer! Sem restrições!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: