601…

“O CÉREBRO SERVE PARA…”

Nos dias que correm tenho imensa dificuldade em completar a frase que acabaram de ler. Mas isto é apenas limitação do meu próprio cérebro…

Milhões de animais humanos são, desde o nascimento, formatados para existirem segundo as regras que as diferentes sociedades ao longo dos TEMPOS consideraram, e consideram, “importantes”…

Esta formatação é iniciada logo cedo, assim que o animal aprende a comunicar por intermédio da audição/fala a quantidade de comportamentos condicionados dispara vertiginosamente… Até esta idade a coisa é mais suave e o animal é inundado apenas com condicionamentos de ordem física.

Cedo, nas Escolas de Formatação Cerebral, para os mais alheados “O Sistema de Ensino”, os animais começam a ler e a ouvir todo o conjunto de regras às quais eles devem  obedecer sem questionar, pois do questionar apenas resulta uma coisa,  o castigo.

Mas é nesta altura que a parte da Formatação Cerebral sobre a Nação, os seus símbolos (bandeiras e hinos) e os seus interesses, são ampla e profundamente repetidos e explicados. Alhear o animal do seu “Eu Penso” e fazê-lo aceitar que o “Nós Obedecemos” é que conta, é a principal Formatação do Sistema de Ensino.

Sem esta formatação o esquema actual da Civilização em que vivemos não era o que é.

E quando se fala em Nação obviamente tem que se falar em “Dar a VIDA pela Nação”, normalmente utilizam a palavra “pátria”… é mais aguda, esta última!

Só o facto de um grupo de animais considerar que outro grupo deve morrer para garantir algo inventado, nações, e que na prática de nada servem, é o constatar da total inexistência de Liberdade desde o primeiro segundo após o nascer.

E a prova é simples: Imagine que nasceu no local N45E008 e quer ir para o local S31W053… Para isto tem que tentar obter um sem número de permissões (pagas evidentemente)e só depois é que tem permissão para se deslocar. Se não conseguir obter a permissão, ou se não tiver forma como pagá-la, é impedido de ir ao local desejado… mas, não esqueças… és Livre!

Afinal de contas a Ilusão da Liberdade é ela própria fruto de outra formatação cerebral, e esta encontra-se logo no primeiro artigo…

Artigo I

        Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão  e consciência e devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidade.

Tudo conversa para animal pastar, ruminar e dormir!

Espírito de fraternidade… Coisa mais linda… A mulher da fotografia sem dúvida está a transbordar fraternidade por tudo o que é poro do seu corpo…

“Dar a VIDA pela Nação” é, das formatações existentes, a mais engraçada… Com esta formatação transformamos o “espírito de fraternidade” em “espírito de ódio ao próximo”.

Hoje em dia está de tal forma subtil que a coisa é assim aplicada nos cérebros dos animais das MANADAS…

(Revista Sábado)

Deliciem-se agora com a introdução:

Digam lá se não é uma delicia?

Matou 255 pessoas, desculpem, ABATEU 255 PESSOAS (repararam na troca! primeiro ‘terroristas’ logo a seguir ‘pessoas’), Arrependimento ZERO, como convém. GOSTOU MUITO, evidentemente que gostou, após anos de formatação, meses de lavagem cerebral na Máquina de Matar (os comuns chamam Forças Armadas) e bons pagamentos o que não há para não gostar!… E só PAROU para SALVAR O CASAMENTO… quase que choro.

Fico à espera do filme de Hollywood, pois que o livro já foi escrito! Tal o desperdício de árvores…

Depois desta abertura magistral, o texto escrito é a típica conversa da treta… E o final é amoroso!

Assim se vai fazendo às claras Formatação Cerebral… Matar é visto como algo normal e até heróico, que não deve provocar arrependimento, pois afinal de contas os interesses das Nações são bem mais importantes que a vida de um qualquer animal “Eu Penso”.

Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

30 comentários

  1. Fada do bosque

     /  Fevereiro 17, 2012 - 20:14

    ahahahahah!!! Voz! Fez-te bem o pequeno intervalo! Esse teu post está um must e embora não seja para rir, não aguento!😆😆 Estive a ler alto para o Miguel ouvir e está-se mesmo a ver… um ataque de riso!🙂😆 Dizes as verdades de uma forma que realmente, só teu! 80 😆

    Um beijinho amiguinho.

    Responder
    • Olá Fadinha… ihih o “pequeno intervalo!” ainda não começou… Andei a fazer contas e agora vou escrever a carta aos bacanos… O intervalo ainda vem aí😎
      É bom ler-te!
      Bjhs e Abraço para todos.😉

      Responder
  2. Voz

    Já estava com saudade, ainda bem que voltaste.

    Os americanos idolatram esse assassino como se fosse um herói, na verdade não passa de um assassino covarde que matou muitos pelas costas.

    Dá licença que agora sou eu que vou vomitar.

    Um abração meu amigo

    Fada
    Adorei saber que está bem e agora rindo com os posts do nosso muito louco amigo.
    Beijos minha amiga

    Responder
    • Burgos… esta palhaçada foi escrita por um cérebro doente Portuga e publicado para a malta nova levar mais uma lavagem cerebral… se bem que acho que a malta nova não lê estes lixos, há quem chame a isto “revistas”… Por isso os danos não devem ser assim tão grandes!

      Abraço

      Responder
  3. Ah! dB…Pena que não estou com espírito de rir….. De todos os vídeos e noticias que tive de lá, me fazem é chorar, esses mesmos “heróis” americanos, estupravam crianças e mulheres……..que horror!!!!
    Perdão!!! Mas odeio guerras… Elas nos trazem o pior do ser humano. Ou melhor…..a maioria dos PIORES seres humanos se alistam para a guerra….. Assim podem saciar ser segredos dentro da LEI… E os governos aplaudem!
    Te adoro amigo!

    Responder
    • Olá Ritinha… é… a coisa não anda muito para RIR… mas felizmente que consigo fazer a FADA rir, e eu próprio… Pois caso contrário tenho a impressão que já não andaríamos os dois por aqui…
      Aproveito para dizer, outra vez, que as FONTES que trazem o pior do “ser humano” são, o SISTEMA MONETÁRIO e as RELIGIÕES… a guerra é meramente uma das ferramentas do SISTEMA MONETÁRIO… com elas ele CRESCE E EXPANDE A SUA INFLUÊNCIA!

      bjhs😉

      Responder
  4. Diz-me uma coisa VOZ,
    será que o meu cérebro está formatado para subverter o sentido das coisas?

    Pergunto, porque depois de ler tudo o que escreveste e aqui apresentas sobre esse mercenário, sinto mais vontade de chorar de raiva do que de rir…!
    Fico contente por te ver bem humorado. Ao fim e ao cabo o humor negro não deixa de ser humor, não é?
    Não tenho “falado” contigo, mas ando sempre por perto. E estou muito contente por estares de volta.
    Beijinho para ti.

    Responder
    • Olá Janita…😆 Não… o teu cérebro está a funcionar bem… E é normal que sintas esse sentimento… A parte do sermos capazes de RIR, Eu e a FADA, tem a ver não com a realidade do que a “reportagem” nos mostra, mas com a forma como essa REALIDADE é transmitida para a MANADA em geral… Eu rio-me de detectar a Formatação Cerebral neste artigo, e saber que a mesma já não me condiciona. Só por isso… A FADA e eu também nos RIMOS porque faz uns TEMPOS decidi alterar a forma como transmitia o meu pensamento anormal, e decidi escrever de forma mais “ligeira” e “leve”…
      Vai passando… e vai deixando os teus pensamentos… Bjhs😉

      Responder
  5. olá Voz: bem sabes já o que penso de mercenários (não esquecer que todo exército norte americano + os terceirizados são mercenários, ou seja, recebem dinheiro para ir, ficar e depois na volta…se voltam inteiros ou partidos). Mas teu post (para variar) vai além (tem os que vem, os que vão, e os que vão além). Trata de um assunto tabu para a maioria: pátria. E aí eu repito que o patriotismo é o último reduto dos canalhas. Mas esperei alguns comentários e, como esperava…fiquei contente. Começo a perceber que os comentaristas, em geral, são a cara do blogueiro. Como sou novata no mundo cibernético, vou aprendendo coisinhas…umas aqui, outras lá. Parabéns gente, para ti e para a turma aí de cima. Faz muito tempo já que também aprendi que no meio do esgoto(o mundo dos humanos) nascem lírios ( gente escolarizada, mas que não se deixou formatar). Grande abraço

    Responder
    • Olá maria… A “pátria” é para o Indivíduo, o que a “religião” é para o …

      E também tens razão quando dizes “Começo a perceber que os comentaristas, em geral, são a cara do blogueiro”… Mas devo confessar que não me agrada esta realidade… Gosto de ser abalroado por cérebros que não vêem o que se passa da mesma forma que o meu… Apenas assim sou capaz de reflectir sobre a minha forma de observar o que se passa! Já por aqui passaram alguns cérebros formatados… mas não ficam. Provavelmente a “realidade” que por aqui viram traduzida pelo meu cérebro foi demasiado agreste.
      Infelizmente parece que os cérebros formatados que me podiam abalroar andam perdidos na web… e já não têm capacidade para nada!

      Grande Abraço Mana Cerebral…😉

      Responder
  6. aNaTureza

     /  Fevereiro 19, 2012 - 02:57

    Olá Voz e já agora, Fada,
    “bons olhos os vejam”!
    No início quando cá vinha, até achava estranho o Voz fazer piadas com coisas sérias.
    De uma altura para cá, dei por mim a rir com este “humor negro”, eu que não sou nada destas coisas. Bem, ele tb aprimorou-se na forma…
    Pois bem, o Voz tem toda a razão, depois de tanto sofrer com a realidade dos factos e não quer dizer que não a sofra, consegui e vou tentando manter o equilíbrio de energias, o que resulta tb em conseguir rir do que aqui se escreve. É evidente que é preciso “jeito para a coisa”.
    Tb se torna evidente, que a melhor maneira de combater o que está mal, será, a frio do que a quente. Mas nem tudo é linear…

    beijinhos a todos

    Responder
  7. aNaTureza

     /  Fevereiro 19, 2012 - 02:08

    Ah! Parabéns por mais um bom e post.
    Penso que todos passámos pela “escola” e de certa maneira estamos formatados.
    Esta desformatação não é um passo único, mas sim, feito no dia a dia com as nossas escolhas.
    Não nos resta alternativa se não estar alerta, pois tudo está feito de maneira a que não a percebamos.

    Responder
  8. L. Lobata

     /  Fevereiro 19, 2012 - 03:02

    Ja tentaste meter a cabeça dentro do proprio cu?

    Responder
    • Olá… Por acaso até já… mas não fui capaz de completar tal proeza, a minha capacidade física está ao nível desta mensagem que pelos vistos tanto apreciaste … Se tu és capaz de tal feito então partilha aqui com o pessoal como consegues fazê-lo!

      Adoro saber que ainda existem espécies raras neste país…😎

      Responder
  9. VOZ…agora fizeste-me rir!!!

    Acredita…não há cérebro formatado para proezas nunca vistas que te consiga abalrroar…

    toma lá um beijinho grande.🙂

    Responder
  10. Olá Voz:também gosto dos diferentes de mim, dos que pensam diferente, porque nos estimulam no debate, nos permitem pensar, dialogar.Quanto aos antagônicos, estes, infelizmente falta-lhes cérebro. Por isso acho que a/o antagônica/o que se manifestou, mesmo que consiga respondeu ao desafio acrobático que propõe, vai ter muito pouco o que enfiar…
    Creio que tu e teus comentaristas não teriam nada a acrescentar a si próprios, se tentassem dialogar com tipos como o mercenário da capa da revista, ele nos é absolutamente antagônico. Quanto a mim…bueno, não sei se para minha sorte ou não, a vida não me proporciona cruzar com tipos como: grandes banqueiros, acionistas majoritários de corporações, genocidas confessos, generais, certos líderes políticos, certos juízes, grandes latifundiários, grandes mineradores, intelectuais do “porte” de Milton Friedman, cardeais e papas, grandes filantropos.. Com pequenos assassinos de animais já me encontrei e já fiz o que é devido.Provavelmente com grandes seria meu 1 único minuto de fama, não?. Mas creio que há muitos diferentes “do nosso porte” para dialogar, trabalhar arestas, trocar dúvidas, repensar…e com isso se continua aprendendo, juntando forças.

    Responder
    • Olá maria…. Quanto a generais, tive um encontro imediato do 1º grau com um… no século passado, mas acho que também conta! Até fui chamado ao gabinete do dito… pensaria ele que me intimidaria só por ir a um gabinete!!! Lá fui eu com a minha pasta com documentos debaixo do braço… E pronto, saí de lá com um sorriso de orelha a orelha… Era muito fraquinho! A partir desse dia fiquei a saber que aquele general nada mais era que um bronco com umas estrelas em cima dos ombros… Quanto a grandes banqueiros espero não encontrar nenhum pois senão a “La Belle Guilhó” vai trabalhar! Quanto ao restante, para malta ligada à religião, se for só para falar de religiões… PASSO! Já estão ao nível do Relvas… Resumindo, prefiro trocar pensamentos contigo mil vezes!😉

      Responder
  11. Fada do bosque

     /  Fevereiro 20, 2012 - 14:30

    ahahahahhahah!! A resposta da Maria à tal da Lobata!!!! 😆
    Não tem muito que enfiar não! Deve ser fácil… do tamanho da cabeça de uma agulha!!😯 daí o desafio! para a Lobata é canja! ahahahahahha!!!!😯 Além de que a coluna vertebral… deve ser a de uma morca…. morcona, neste caso…😯

    Responder
    • Olá Fadinha… Tenho pena que L. Lobata seja ainda mais poupada do que eu em palavras escritas… Podia ter alongado mais um pouco o pensamento que aqui deixou… vir aqui só para me perguntar sobre a minha capacidade física é um pouco curto…

      Responder
  12. Olá Voz, bom, ler esse textinho que foi publicado acerca do homem que “abateu” 255 pessoas como se fosse um maldito herói da Disney deu-me… nojo. Deu-me nojo do homem que fala em matar como se fosse coleccionar conchas, nojo do jornalista que escreveu isso num tom de “parabéns, adoro-o, é o meu ídolo!!”. Enfim, nojo. Haverá maior prova de que a sociedade está doente, se até a vida humana é tratada assim?

    Responder
    • Olá Ana… Como é? O teu novo amigo(a) já se instalou? Quanto ao tema… Esta Civilização está assente na exploração de tudo o que mexe… se for preciso matar… já se sabe! MATA… E se der dinheiro… ui ui…
      Mas pelos vistos há sempre quem goste disto!
      Bjhs😉

      Responder
  13. Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão e consciência e devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidade.“
    Este artº. Para mim tem toda a importância e apesar de várias pessoas me terem tentado formatar, inclusivé pais, continuo sem sofrer influencias. Tenho as minhas ideias e sigo-as à risca sofra as consequências que sofrer. Já deste conta, não?🙂

    Responder
    • Olá Brown Eyes…
      Meus Lindos Olhos… já dei conta… Mas nada invalida o que escrevi. Não fui livre assim que nasci e tenho a consciência que não sou livre agora. Se decidir ser livre da forma que desejo depressa serei livre mas a viver numa sala 2,5*2… Vivemos a nossa “vida” enrolados numa série de correntes que não nos permitem ser realmente livres. E não falo das normais regras de boa e sã convivência que deve existir entre animais… Falo de tudo o resto que a nossa gloriosa espécie inventou ao longo dos séculos para aprisionar o corpo, e algumas vezes, a mente.
      Tentar ser livre numa Civilização em que os Escravos não sabem que o são, é algo de penoso, pois a visão que eles têm de alguém que não se deixa reger e influenciar pelo comportamento da manada é sempre visto com rancor e leva-os sempre a tentar obrigar esse alguém a adoptar a mesma atitude de Escravo… Resumindo é uma luta constante que só terminará se um pequeno grupo de seres conseguir viver fora da vista e da influência da manada. Caso contrário sofremos as consequências…
      Bjhs😉

      Responder
      • Tentar ser livre numa Civilização em que os Escravos não sabem que o são
        Isto é o que mais me admira. Há por aí muita gente que pensa que o 25 de Abril lhe deu liberdade, muita gente que não consegue ver que nunca esteve tão prisioneiro nem tão vigiado. A cada dia que passa nós vamos perdendo liberdade, as desculpas são muitas, a nossa segurança, preocupação com a nossa saúde, imensas mas, a verdade é só uma: querem-nos controlar a cada passo e os palermas acredita em tudo o que ouvem. Beijinhos

        Responder
  14. Olá Voz,bom dia!
    O que dizer de um sujeito quem tem prazer nas asneiras que pronuncia? Pois bem o que me veio na mente: Deixe que os mortos enterrem seus mortos,este ai é mais um dos muitos que já tem a devida recompensa.
    Até um certo tempo eu lamentava por estas pessoas pois me parecia que elas não tinham escolha,mas graças a Deus eu amadureci e aprendi a não me compadecer por pessoas que já estão perdidas em volta na ignorância e objetivos mesquinhos .

    Obs: Sempre que venho aqui aprendo um pouco mais lendo os comentários dos que já passaram, e ainda fico mais contente em saber que ainda existe pessoas com bom senso.
    È claro que isto que isto não se estende aquele comentário indigesto, visto ser você meu caro amigo DB querido por aqueles que partilham e entendem suas ideias não é de se admirar que tenha certos tipos rondando seu espaço se expondo ao ridículo por um pouco de atenção.

    Bjs Pri

    Responder
  15. Olá Pri… Estás como eu… na parte do “não me compadecer”. Quanto à atenção… acho que nem isso queria… deve ter tropeçado aqui no meu espaço virtual e o choque no lobo frontal foi tal que apenas conseguiu escrever aquilo…

    Como disse em cima prefiro ler os vossos pensamentos que de muitos pressupostos “entendidos”.

    bjhs😉

    Responder
  16. Reparem no símbolo da caveira que os elementos desta unidade de atiradores furtivos usam nos seus ombros e vejam também este vídeo.

    Responder

Escrever um pensamento...

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: