581…

“Se pelo menos…”

Churrascada… Com carnes… CLARO!

Desde que nascemos somos FORMATADOS para comer CARNE… especialmente CARNE…

O motivo disto acontecer não tem nada a ver com a nossa fisiologia… afinal de contas nunca vi os meus progenitores a irem pelos seus próprios meios caçar um animal, matá-lo e comê-lo cru… nem tão pouco depois de terem feito isto, chegaram junto a mim e regurgitaram a minha refeição… já devidamente triturada e semi-digerida…

Não longe disto… Já vem de longe, de há muitas gerações, esta mania de que somos essencialmente carnívoros… De vez em quando lá comemos umas frutas, e umas saladas… pois “Comer frutas e verduras é saudável!” Vamos lá entender esta estupidez…

E assim lá fomos nós, geração após geração, formatando as cabecinhas dos recém chegados às tribos para “Comer Carne”…

E chegamos ao presente…
Como, infelizmente, somos 7 mil milhões de animais humanos a parasitar este Planeta… E como a maioria destes 7 mil milhões estão formatados para comer CARNE… E como não gostamos de comer carne de animais que encontramos mortos na berma das estradas… (Um autêntico desperdício! Com tanta gente a morrer de fome!)

E como não gostamos de andar a correr atrás de outros animais para os matar à dentada…

Decidimos PRODUZIR CARNE em quantidades industriais, pois só assim se satisfaz a fome a tanto animal… humano!

E produzimos CARNE de várias origens… tudo depende dos gostos… e vai desde,

CARNE de gato e cão, para gostos mais exóticos…

até à normal CARNE de vaca, galinha, porco e por aí fora…

Basicamente… é só escolher o animal que queremos comer, que alguém o há-de produzir e nos vender… Claro, porque no presente temos que ter sempre presente no nosso pensamento que o objectivo final e supremo é o LUCRO

E claro está… Produzir milhões e milhões e milhões de animais, para servirem de repasto aos animais humanos, não é tarefa fácil, nem barata…

Como “gostamos” tanto de carne, temos que comer senão duas, pelo menos uma vez ao dia… que a malta sem um bom bife já nem consegue trabalhar…

E para se produzir tanto animal, e em tão curto espaço de TEMPO, há que inventar drogas… Pois sem DROGAS o que seria de nós?

E, fazendo recurso da nossa inteligência, zás trás pás… inventamos muitas DROGAS…

 
Com elas a bicharada cresce mais depressa… e com as DROGAS tratamos da saúde destes muitos mil milhões de animais que produzimos todos os anos, pois não gostamos de comer CARNE de animal doente… isso é que não… que nojo!

Mas… não há bela, sem o senão… O senão é sempre o estraga festas!!!

Tantas DROGAS, utilizadas durante TANTOS ANOS, acabam por deixar de fazer efeito… tudo isto porque a NATUREZA é uma chata… E tem a mania de ir criando espécies que deixam de morrer quando em contacto com as nossas DROGAS… que abuso!

São tão lindas! Não são?

Estes fantásticos seres, são o motivo para muitas dores nas cabeças dos animais humanos… As salmonelas provocam a salmonelose “Doença infecciosa de diversos animais domésticos que pode provocar acidentes intestinais ou abortos. (É transmissível ao homem.)”. É tão cómico…

E actualmente, hoje em dia… Parece que estas sacaninhas estão a dar uma luta daquelas… Não querem morrer nem por nada.

Assim, após anos e anos de utilização de DROGAS para “cuidar da saúde das nossas CARNES” outros bichinhos foram-se adaptando ao meio tóxico, que com o TEMPO deixou de ser tóxico… E estamos a começar a ficar em pânico… Basta ouvir e ler notícias sobre comida contaminada, ou intoxicações alimentares, para nos darmos conta de que a bicharada está a começar a virar o jogo…

E como reagimos nós, SERES INTELIGENTES, a este virar de jogo?

FÁCIL… VAMOS PRODUZIR NOVAS DROGAS E MAIS POTENTES…

O lógico, e verdadeiramente inteligente, seria deixarmos de comer CARNE… mas EI… isso é LOUCURA…

Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

15 comentários

  1. Os humanos não comem carne… como dizem uns sobrinhos meus vegetarianos, comemos cadáveres

    Responder
  2. Olá Voz,
    Pois… a questão aqui, não será a tal dos medicamentos que não são feitos para curar?
    Uma coisa te digo, o dia em que estive mais doente, foi por causa de salmonelas e não estavam na carne, eestavam nas ameijoas. Adoro ameijoas e comi uma taça que daria para cinco ou seis pessoas. Só estou viva devido à minha capacidade de me curar e de cicratizar, que é também fora do comum. Quanto à carne, cada vez como menos mas é-me quase impossível passar muito tempo sem ela… muito triste, mas é verdade. Tenho de assumir.
    Há quem diga que à quarta geração de vegans, as crianças nascem com vários problemas.
    Já fomos predadores como todos os outros da natureza, agora somos desnaturados, mas nunca deixaremos de ser omnívoros, só mesmo pela ausência… pela fome.

    Responder
  3. Olá…

    Como estava nas entrelinhas da mensagem, podemos comer carne, mas aquela que formos capazes de apanhar com os nossos meios, nem que seja a que encontramos morta…

    Os ursos também o fazem, os macacos igualmente…. enfim uma série grande de animais comem carne… não a produzem!

    Eheheh Fadinha… Essa das 4 gerações é tipo Nibiru!!! Tens que me mandar o link, se é que leste na net! De qualquer forma é sempre cómico, pois os filhos das mães que se empanturram em carne também não nascem lá muito famosos!ihihih

    Responder
  4. Não tenho link, Voz… foi a minha irmã mais nova que me disse… e ela não gosta de carne… pelo menos quase não come…

    Responder
  5. Olá marci… eu já! e lá pelo meio andam as nossas queridas CARNES disfarçadas de Vacas…

    Responder
  6. “Carnes disfarçadas de vacas”?
    ihihihihih…
    O pessoal esquece-se de onde vem o que come e não quer mesmo saber.
    Cão não, mas uma vaquinha, um porquinho e então um franguinho? nhamiiii!
    Não contribuo para esse comércio terrível.
    Muita coisa para falar sobre este assunto, mas ando sem palavras.
    É o desânimo pelo que se passa á volta pois são escassos os que se preocupam com isto.

    Responder
  7. eheheh foi bem metida…

    Responder
  8. Voz, vc tem ai algum link que possa me passar sobre a produção agricola em Almeria? El Ejido me parece!!

    Responder
  9. Olá marci… já aqui no TEMPO fiz referência a esta autêntica destruição de ecossistemas… mas não ligues que isto é apenas a minha visão distorcida da nossa Civilização!

    Se queres um vídeo delicioso vê aqui (atenção que é o oposto do meu post!)

    Para terminar… se quiseres começar a marcar golos de cabeça lê isto, está escrito em galego, mas é de fácil leitura ihih
    Bjs

    Responder
  10. olá Voz: como sempre, és capaz de pegar os temas pela raiz. Como sempre cumprimentos. Teus leitores precisam saber, que eu, como a Fada, ainda como cadáveres…mas:
    1. galinhas, patos, gansos e marrecos, quando morrem de velhice aqui em Terra Ãncora.
    2. vacas, cabritos e ovelhas que são mortas já velhos, com um tiro certeiro na cabeça, dado pelo flanco (a morte que eu desejo ter quando a velhice me impedir de ser eu mesma).
    Só para constar, somos 10 pessoas em Terra Âncora, de crianças a idosos (como eu)que gozam de saúde perfeita porque inclusive nossos bichos, e os do açougue que assim procede (na nossa vizinhança)criam animais sem os produtos que te referes no post. E também eles vivem soltos e saudáveis.
    Também só para constar, têm sempre algum cadáver no congelador, porque depois de morto, tudo dele se aproveita, desde que haja um mínimo de inteligência e organização.
    Abraços e acredita: tu és um dos sujeitos que conheço virtualmente que mais admiro, porque se há coisa que admiro é a capacidade de pensar/sentir com equidade e justiça, e a coragem de escancarar o resultado desta quase já impossível operação, entre os humanos.

    Responder
  11. Francisca

     /  Janeiro 31, 2012 - 19:25

    Voz, vai para dois anos que sou vegetariana e estou feliz e rija que nem um pêro. Muito dificilmente voltaria à dieta de cadáveres. Contudo, há algum tempo que tenho esta questão e gostava de saber qual a sua opinião:
    – Apesar de todos os estímulos para comer carne e peixe (a pouca oferta vegetariana nos restaurantes, o preço baratíssimo dos cadáveres, os “gourmet”, etc) acho que existe uma certa pressão mediática (nos filmes, revistas, etc.) para que as pessoas adoptem a dieta vegetariana. Haverá algum lobby por trás disto? Talvez relacionado com a produção de soja que por sua vez é tão íntima com a Monsanto? Quem mais poderá beneficiar com isto?
    Isto apenas para investigar o outro lado da moeda, mas é claro que podemos ser vegetarianos sem beneficiar o lobby agrícola (eu quase nunca como tofu ou soja e tento comprar os produtos na origem)…

    Responder
    • Olá Francisca… tu própria já respondes-te…. “eu quase nunca como tofu ou soja e tento comprar os produtos na origem”… tofu comi uma vez e desisti… não gostei!
      Há uma coisa que devo esclarecer: Nós não somos diferentes de outros animais que são herbívoros, pois estes se a ocasião se manifestar também comem carne. Apenas sou contra o consumo de carne de origem industrial. A minha ideia é quase idêntica à da maria (comentário acima). Sempre pensei que se conseguirmos com os nossos meios naturais caçar então podemos comer!
      Quanto à soja tens razão… é de fugir… mas estamos a ficar sem espaço para onde fugir, pois a Natureza não tem fronteiras e não sabe ler sinais de proibição!
      De resto se já viste o meu esquema da actual Civilização rápido entenderás que para a Maioria tudo é uma mera questão de LUCRO e dos tais lobby’s😎

      Responder
      • Francisca

         /  Fevereiro 2, 2012 - 14:03

        Obrigada pelo feedback!
        Sabe que dá para fazer o seu próprio tofu em casa? É só pesquisar no youtube. Coisa para demorar umas 8 horas!! Mas o sabor compensa. De qualquer maneira, é soja. Ando a investigar se há maneira de fazer tofu de feijão…
        ;- )

        Responder
  12. Olá Francisca… isso é que era! Mas para tal tinhas que fazer leite de feijão e coagula-lo… provavelmente será viável… é questão de experimentar a receita do tofu tradicional à base de leite “feijão” de soja e substituir o “feijão” de soja por feijão branco/vermelho e quem sabe preto! Se tentares avisa se correu bem e depois larga aqui a receita da experiência que tb testo!😉

    Responder

Escrever um pensamento...

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: