564…

É sempre um prazer…

É sempre um prazer… conseguir olhar para estas belas vistas… A seguinte fotografia foi tirada em 1984

1984… já passaram uns anos… e nela conseguimos já vislumbrar o início… Entretanto os anos foram passando… a nossa capacidade evolutiva foi crescendo… e chegamos a 2011… Bravo…

E aqui está… esta NOVA E BELA PAISAGEM… fruto da nossa infinita e modesta capacidade de destruir os ecossistemas…

Comparada com a imagem inicial, nem sei porque motivo alguém tira fotografias a um animal humano deitado no chão perto de água… quando temos estas maravilhas para fotografar…
É certo que nem todos conseguem ainda ir ao espaço para tirar fotografias assim… mas estas belas paisagens não são menos belas se tirarmos fotografias ao nosso nível rastejante… ora vejam a beleza da nossa criação tiradas ao nosso nível rastejante… (cliquem nelas para ampliar!)

E então? Somos ou não somos bem melhores que a Natureza a produzir paisagens espectaculares?

E como nós europeus gostamos tanto, mas tanto, de ver estas paisagens, já temos alguns governos, entre os quais destaco o do Reino Unido, que está a fazer os possíveis e impossíveis para que esta forma de Arquitectura Paisagística não seja abolida… Afinal estes arquitectos precisam do emprego para sobreviverem… A notícia pode ser lida aqui (com tradução via google aqui)

Epá… tenho que manter a reputação deste blogue e não escrever muito… Assim para terminar fiquem com a imagem lado-a-lado da intervenção paisagística efectuada pela nossa FABULOSA ESPÉCIE entre os anos de 1984 e 2011… é LINDO!

Aviso: esta imagem tem 6,323 KB de tamanho e seguintes propriedades:
Dimensão: 4398×2713 Pixels; 72 PpI; BitspPlane:24; 1 Plane

Pelo que máquinas menos potentes se calhar não a conseguem engolir com facilidade… e tem escala… pois o que seria de nós sem escalas!

Ah… mesmo para terminar… Aquela irritante cor verde que vêem do lado esquerdo desta imagem era Floresta… Agora sim… acabaram as letras… (Utilizei 1696 letras… estou a abusar!)

Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

11 comentários

  1. Olá Voz!
    Tu contaste as letras?! Bem… és sempre surpreendente! :))

    Nisto que li da notícia, está tudo dito:

    Ao mesmo tempo, o governo britânico está sendo pressionado pela Shell e BP , pis ambos têm grandes projectos areias betuminosas de Alberta, e abriram um novo consulado na província para ” apoiar interesses comerciais britânicos “.

    Não sei onde isto vai parar, não…

    Responder
  2. eheh… Não fui eu que contei… foi o computador que é mais rápido que eu!!!

    Ó Fadinha não sabes onde isto vai parar? Até parece que não lês os meus delírios à tanto TEMPO…

    os teus descendentes e os seus descendentes (caso os 1os tenham a infeliz ideia de os ter!) é que vão ver a beleza que nós e as 6 gerações antes da nossa lhes vão deixar… ihih vai ser um Belo Planeta… basta apreciar através destas fotos a nossa grande capacidade…

    Responder
  3. Descendentes?! a minha descendencia? ter descendentes? bem… a lavagem cerebral é tanta, que espero que nem um descuido tenha. Não quero que ela tenha os receios que eu tenho por causa do futuro que se avizinha para ela.😦

    Quanto á contagem dos numeros…eheheh… nem me passaria pela cabeça que os fosses contar! :))

    Responder
  4. Onde é essa floresta, ou no caso, ex floresta?
    No Equador, graças as benessses da chevron texaco( que tb anda a fazer merda no Brasil e na Africa) anda ate pior do que ai nessas fotos!!
    http://www.tijolaco.com/sr-moshiri-o-brasil-nao-e-seu-quintal/
    Esse blog, de um deputado brasileiro, é otimo!
    Abraço

    Responder
  5. Olá marci… a etiqueta diz o local… no texto não… Fica no Canadá em Alberta! E isto é apenas um local entre vários… mas no fim das contas essas Corporações só fazem o que fazem porque NÓS QUEREMOS gasolina/gasóleo enfim… é melhores leres aqui
    bj

    Responder
  6. 0db,

    O homem sempre se sentiu envergonhado de ser o que é: animal. Portanto não satisfeitos em nos distanciar da natureza e dos animais que nela existem, afinal, garfo, pente, perfume, etiqueta, sofisticação servem pra nos diferenciar desta “gentinha”, temos que destruir, apagar nossos vestígios animalescos. Dar cabo da natureza faz parte deste nosso complexo ancestral.

    Um grande abraço meu amigo Mucho Loco.
    Walner.

    Responder
  7. Olá Walner… tu ainda és mais louco que eu ihihih

    Mas é tal e qual, não suportamos a ideia de que somos animais e como vingança fazemos de tudo para maltratar e matar e torturar tudo o que é animal.

    Este caminho não durará muito TEMPO pois a Natureza seguirá o caminho do equilíbrio e aniquilará o elemento que está a provocar o desequilíbrio.

    Um Abr

    Responder
  8. ihih agora me lembrei de uma coisa…

    até quanto nós matamos outros membros da nossa espécie que consideramos “maus” dizemos “eram uns animais” como que a justificar as mortes… está mesmo incrustado no nosso ADN… ihihih

    Responder
  9. De repente associamos matar animais com religião, vejam isso
    http://prezadocarapalida.blogspot.com/2011/11/o-sionismo-e-o-seu-talmud-desmascarado.html
    é do Tibiriça e é bem interessante pra conhecer.

    Responder
  10. Olá incitador… é realmente a nossa noção de “construir o futuro” é um pouco estranha… para ser modesto. E o cartoon está muito bom… se eu tivesse a capacidade de desenhar assim apenas acrescentava no placard umas árvores e uns pássaros a esvoaçar! Obrigado pela visita e pelo comentário. Abr

    Responder

Escrever um pensamento...

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: