555…

Pois…

Não era sobre isto que queria escrever agora… mas cai como uma maçã!!!

Já sei que muitos dos novos seguidores estão por esta altura horrorizados… paciência! Em último caso desistam..

Não foi à toa que eu fui o único a concluir com aproveitamento o doutoramento!!!No início éramos sete… só um terminou…

Assim sendo espero que finalmente o ano de 2012 traga o início do FIM DO CICLO DA POBREZA… está na hora da mudança!

E porque cai como uma maçã? Porque assim é difícil termos o problema da obesidade que vos mostrei na mensagem anterior… Só coisas boas.

Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

12 comentários

  1. Lá estou eu a rir com o que é trágico. E eu que nunca gostei de humor negro…
    Sinal dos Tempos.
    Pois segundo um dos nossos queridos ministros, a crise acabará em 2013…
    não me deveria espantar com o grau das mentiras, mas continuo a me espantar…

    Responder
  2. Talvez as pessoas repensem sobre o que estão comendo.
    Muito bom Voz, tem tudo a ver com o outro post.

    Um abraço

    Responder
  3. Olá aNaTureza… Ó querida… tu comigo já sabes que é só RIR… ihih quanto ao bacano dos óculos… começou a dizer que “2012 é o fim da crise” acabou a dizer que em 2013 podemos cortar os pulsos pois isto não depende de nós!!! Siga para o abismo que o caminho já está livre… (a Grécia já caiu!)

    Bjhs

    Olá Burgos… esse “comendo” é fenomenal pois abrange toda a merda que nos tão a dar para comer… E parece que vai começar aqui neste pedaço de terra sem lei nem ordem mais uma campanha de recolha para os pobres alimentarem os pobres, logo já vou mudar a foto e por a PROPAGANDA a funcionar!
    Abr e Festas!!

    Responder
  4. Voz… não posso concordar. Embora nós estejamos ao corrente do que se passa as pessoas nem imaginam o que lhes está a acontecer. este Diagrama é bastante elucidativo, mas poucos se dedicam a perceber de uma perspectiva de “cima da montanha”. A fome é algo que não desejo a nenhum ser… seja humano ou não. Espero poder vir sempre a alimentar as boquinhas que dependem de mim, mas começo a estar muito receosa. A China está também a importar cada vez mais… Voz… assim fico triste. Amanhã pode ser a nossa vez.
    Sabes bem que as pessoas nem sabem que existe um codex alimentar. 😦

    Responder
  5. Fada… Fada…

    “AHAHAHAHAH!!!! Não consigo dizer mais nada! ahahahaha
    O Catinga é o do blogue o “fim da crise”? ahahaah VOZ!!
    Cada vez melhor, Voz!!!”

    Só verificando-se, cumulativamente, as seguintes condições é que a MANADA vai abrir a pestana:
    (pela ordem de importância)

    1º Não ter dinheiro para combustível para os passeios domingueiros;

    2º Não ter capacidade financeira para pagar quotas de sócio do Clube de Futebol;

    3º Não ter capacidade financeira para carregar os telemóveis;

    4º Passar FOME à moda Ocidental.

    Por isso já que se está a começar pelo fim, é melhor que nada…

    E ter pena não faz com que nada se altere.

    E sim, a nossa vez vai chegar e todos vamos levar directa ou indirectamente…

    É o que apelido de AZAR… e quando levar com ela será considerado por mim como o prémio do meu fracasso por não ter feito mais para avisar mais membros da MANADA…

    E como a MANADA está comendo merda pela boca, olhos e ouvidos… o fim da linha só pode ser um!

    Responder
  6. Fada, concordo totalmente com o Voz.
    E isto é uma conversa que “dá pano para mangas”.

    Mas á pala de tanta ajuda, andámos a contribuir mais para o empobrecimento (tb espiritual) da pessoas do que realmente para os ajudar a “pescar” e tb para um desequilíbrio maior.
    Claro que podemos ajudar.
    Que tal ensinar a “pescar”?
    As pessoas precisam tb serem ensinadas a ser mais criativas, olha que ás vezes existem soluções mesmo á frente dos nossos olhos, mas devido á tal cegueira em que crescemos, não as vemos.
    O modelo tem que ser outro.

    Mais trocas e menos “doações”.
    Podemos trocar muita coisa.
    Comida e mais plantações, com certeza que irão comer melhor do que as compras do supermercado e menos. Existem imensos terrenos, mesmo nas cidades e precisámos mesmo de sementes livres, que se podem plantar que a planta cresce, não daquelas que se compram das indústrias. Menos gastos energéticos e não só. São algumas idéias.

    Claro que para toda a “regra” existem excepções.

    O que quero dizer, é que a pobreza de espírito, tomou conta tb, de muita gente.
    É preciso reagir e implementar mudanças em quase tudo.

    Responder
  7. VOZ, VOZ,
    Pois eu acho que resultava muito melhor, se os que ainda têm algum em vez de contribuir para os outros, nos bancos alimentares, (que tu sabes que sou contra, pois deveriam ser os mais ricos a ficar com esse encargo…UTOPIA!!!) esses sim, deveriam ter a coragem de cortar o cordão umbilical com a banca e recusarem-se a receber que não fosse em dinheiro vivo… economias debaixo do colchão!!!
    Mas isso… tá quieto!

    Pois… andamos com azar… mas os banqueiros não dizem o mesmo!
    Mas não discordo totalmente do que dizes.
    aNatureza… ainda agora saiu daqui um amigo com laranjas, limões e outras coisas em troca de uma caixa de peixe fresquíssimo, directo de Matosinhos. Mas… e aqueles que nada têm para trocar?! Deixam-se morrer?

    Responder
  8. Já sei onde queres chegar Voz… não tava nem aí porque isso me ultrapassa mas ouvi na rádio. Estás a refrir-te áqueles que se vão abastecer ao banco alimentar com carros topo de gama e outras coisas mais? Se é… OK, tens razão.

    Responder
  9. Perguntas… “Mas… e aqueles que nada têm para trocar?! Deixam-se morrer?”… je responde!!! ihih

    “Não tens o que dar em troca!?! Tens tens… amanhã preciso de ajuda para limpar o terreno 1/2 horas, pode ser?” por exemplo… ou então fica a crédito e “pode ser que para a próxima não tenha eu nada para trocar… e ficamos quites!”

    Quanto aos bacanos dos carros não só… mas também!

    Bjs

    Responder
  10. … É, agora entendi a referência ao blogue do Catinga. 🙂
    Mas olha que boicotar a banca pela grande maioria era que nem ginjas.

    Responder
  11. Mas Fadinha… para a tal “grande maioria” que eu designo “grande MANADA” a BANCA é o AR que respiram… esta MANADA nem imagina uma civilização sem BANCA… pois tal era o mesmo que morrer!

    Responder
  12. É… Vozinha querida… tenho que te dar toda a razão… como sempre. Acho que nesta des-sintonizei… 🙂

    Responder

Escrever um pensamento...

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: