454…

Agricultura Biológica…

Só de ler a Legislação que regulamenta… qualquer pessoa perde logo a vontade de ser Agricultor Biológico!

Mas enfim…

Uma coisa é certa para mim… Já não dá para aturar mais destas palhaçadas…

Eles perguntam… e respondem (Eles = “Os tipos lá da Europa!”)…

“O que é agricultura biológica?

Simplificando, a agricultura biológica é um sistema agrícola que procura fornecer-lhe a si, consumidor, alimentos frescos, saborosos e autênticos e ao mesmo tempo respeitar os ciclos de vida naturais.”
(Ligação)

Até aqui tudo bom… e se lermos o resto do texto até parece que isto de agricultura biológica até é boa!

No entanto, os meus olhos leram isto “Limites muito restritos ao uso de pesticidas e fertilizantes sintéticos, de antibióticos, aditivos alimentares e auxiliares tecnológicos, e outro tipo de produtos”, e o meu cérebro começou a querer bloquear!

E lá tive eu que ir ler (de cruz) o tal Regulamento… e fiquei admirado!

Pelos vistos a noção de “Limites muito restritos” para Eles é algo estranha…

Deliciem-se com esta limitada quantidade de Aditivos Alimentares (os nossos Amigos E’s) que podem ser utilizados nos produtos de Agricultura Biológica…

Mas não se ficam por aqui, pois também se pode utilizar, sempre em quantidades limitadas claro!, uma série de outros produtos não biológicos…

Concluindo, que é para não vos entediar, a partir de hoje sempre que vir o símbolo que está no início desta mensagem já vou ter que (re)começar a ler os ingredientes, pois afinal a agricultura biológica à moda da União Europeia, não é lá muito PURA/BIOLÓGICA!

Antes de adormecerem! Fica a seguir um vídeo sobre Comida!

Fica a seguir o Regulamento inteirinho… É sempre melhor ler isto para adormecer do que ingerir “drogas legais”… zzz zzz boa noite!

Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

10 comentários

  1. Na minha opinião de agricultor de fim de semana, é quase impossível conciliar agricultura intensiva com agricultura biológica, e a tentativa de juntar as 2, não dá agricultura 100% biológica, essa noticia não me surpreende nada..

    Para que pudéssemos todos viver da agricultura biológica o nº de agricultores e área de cultivo tinha que subir bastante..

    O lobby do green , está ai, e as pessoas pagam o que for preciso , o pior é que é tudo uma ilusão..

    Saudações

    Responder
  2. Pois é, os grupos de pressão do verde, estão em força… e quanto maiores ficam mais afastados da Natureza e do Biológico se tornam.

    Quanto à questão do número o que tem de acontecer é a diminuição significativa da quantidade de animais humanos de preferência nos países ditos desenvolvidos, e não o aumento de agricultores/área…

    Mas como os dois últimos passaram mesmo pertinho mas falharam o alvo… temos que esperar mais uns tempos!

    Responder
  3. Nada como vir a este blog e levar logo uma boa dose de verdades…! Se esses aditivos são permitidos, entao porque raio e que dizem que os alimentos sao biologicos?! So se for para levar os totos, como eu, a pensar que aquilo e bom para o planeta e a comprar. Pois a mim ja não me enganam mais nessa história do biologico…! Para termos a certeza que e biologico temos de ser nos a plantar e a cultivar.

    E tem razao quanto ao numero de animais humanos, ja atingimos um valor exorbitante, nao ha recursos que aguentem… Como e que e possivel produzir em larga escala com metodos 100% naturais? Simplesmente nao da… Mas uma pessoa que não queira ter filhos é logo vista como insensivel, maluquinha, etc. Toda a gente tem de ter filhos, logo quem nao quer ter é passado da cabeça. Mas não tô nem ai para o que a “manada” acha ou deixa de achar. Que me chamem maluquinha á vontade… Mas eu e que nao estou minimamente interessada em por nem mais um ser humano neste planeta, que ja esta a rebentar pelas costuras. E para mim, é impressionante a quantidade de dinheiro que se gasta em tratamentos de fertilidade quando existe TANTA criança para adoptar e ja existem 7 biliões de pessoas. E uma piada de mau gosto. Mas isto e so a minha opiniao…

    Responder
  4. ehehehhe Voz!! no meio disto tudo, gosrei do teu texto! valeu a pena.
    Podes estar descansado que de uma forma ou de outra, os gajos envenenam-te. Podes tirar o cavalinho da chuva…
    Queres saber uma do arco da velha?
    Alugamos a quintinha para agricultura biológica, e um vizinho resolveu abrir uma lavandaria ao público, sim aqui no meio do nada!!!
    Para não fazer fossa séptica, resolveu abrir um rego directinho á nossa quinta, é muito mais fácil, pois o edifício está encalacrado nela excepto para a rua!… e não é que disfarçaram a coisa de tal forma, que só passado um ano e meio nos apercebemos da marosca?! A espuma e mosquitos denunciaram! Entretanto o caseiro já tinha notado e por artes mágicas, apareceu a polícia! Já morreram duas laranjeiras e um castanheiro. Agora imagina a produção do homem! coitado… ainda bem que são ervas aromáticas, porque se fossem hortículas… ía sr bonito!

    Come mel, VOZ, muito e se possível geleia real duas vezes ano, comprados no produtor, para minimizar esse envenenamento. A geleia na farmácia custa 35 euros, no produtor 10 euros e não deve ter outros ingredientes para a “fazer cresder”!
    Quanto ao biológico é como diz a Ana… Agricultura de subsistência. Cada um tem de fazer por si… só assim! nada de confiar nos outros.

    Responder
  5. Ana os tratamentos de fertilidade, não tarda nada não resultam. Isto dos casais jovens, serem cada vez mais inférteis, é um “golpe” da Natureza que é Sábia! Conheço já muitos casos em que os tratamentos só servem para gastar e resultados = a ZERO!

    Responder
  6. Olá Ana: Estamos feitos ao bife de tofu! Quanto à prol: Também não tenho, felizmente. Quanto éramos jovens e inconscientes tentamos, mas a Natureza foi mais sábia e tratou de cancelar a encomenda. Ainda andamos para aí uns três meses armados em parvos a tentar encomendar outra vez, mas a Natureza tinha, felizmente, encerrado para balanço. Depois de breve diálogo, lúcido e livre de interferências, decidimos que era melhor assim… A nosso ver a melhor opção que tomámos até hoje.
    Quanto aos “produtos biológicos”: estes vendidos com este símbolo estão riscados do mapa, a hipótese é ir directamente ao agricultor e tentarmos ver se é realmente biológico ou não.

    Fadinha Querida: Nem me fale em mel… as saudades que tenho da minha infância em que ajudava a tirar mel das colmeias e que pegava num favo e comia… enfim bons tempos. Quanto a estar tramado, é que não tenho hipótese nenhuma. São venenos por todo o lado… vivemos num Planeta poluído, por nós, e estamos a matar lentamente… E como verás daqui a uns dias numa mensagem que já está agendada… não há local livre da infestação de animais humanos e da poluição que NÓS produzimos…

    Responder
  7. Voz… já somos dois a ter saudades do mesmo… o favo a desfazer-se na boca é o manjar dos deuses!!!… eu ainda arranjo disso no produtor… caríssimo, mas de ano a ano, tem de ser. Se seguires o conselho, vais ver que ficas quase imunizado contra venenos. Eu sei que assim é, pois o meu avô era apicultor, daqueles sábios, que assobiavam e as abelhas cobriam-no todo até ele voltar a assobiar e nunca o picavam.
    O Obélix caiu no pote da poção mágica e eu no do mel, mas em termos de saúde sou tão forte como ele! Nada me pega. Mel muito mel. Se vivesse perto de ti… mas assim é difícil fazer com que mates as saudades do favo, no mínimo… 😦

    Responder
  8. Para o Carlos:

    A nova agricultura ecológica, ou permacultura, ou agrofloresta já deu provas de ser mais produtiva que a tradicional agricultura (extensiva e pejada de químicos muito nocivos).

    É intensiva mas requer pouca energia ou trabalho após atingir um certo estádio, sobretudo se for bem planeada. Só tenho pena de ainda não ter podido frequentar um curso de permacultura, mas já deu para ouvir testemunhos de uma outra realidade que está à frente dos olhos, mas que os defensores da agricultura tradicional subsidiada e tóxica não querem ver.

    A agricultura biológica ainda está a légua dessa permacultura que alia saber ancestral a novas tecnologias.

    Para o Voz

    Ainda não acabei o vídeo, mas vou ter de recomeçar, pois não estava a perceber porque é que raio ele falava no Farmville, até que vi escrito Farm Bill :))) É que a minha compreensão do inglês “ouvido” não é lá grande coisa, mas dá para perceber, se não for à primeira, há-de ser à segunda ou à terceira!
    Quanto a esses químicos da agricultura biológica, são uns anjinhos à beira do glifosato ou da atrazina!

    Responder
  9. Manuela
    Eu não tenho grandes conhecimentos em permacultura, mas o que eu estava a dizer como agricultura intensiva era, grande produção, pouca área, varias culturas por ano, rápido crescimento, e o mais importante uso de maquinaria para a semear e colher.

    Mesmo que a permacultura forneça a produção, a recolha mecanizada hoje em dia em agricultura intensiva representa uma importante parte da cadeia.

    Eu quanto á permacultura vou dar a minha opinião sincera, é uma grande solução partindo do principio que a maioria da população tem o seu cantinho e deposição para se dedicar.
    Eu não sei se a permacultura também dá resposta, à produção de cereais..
    Pois cereais 100%biológicos actualmente só nas montanhas no interior da China, talvez….

    Responder
  10. Olá Manuela… fizeste-me rir com o Farmville ihih… Mas quanto ao assunto penso que não podemos para já comparar Agricultura Biológica com Permacultura. O que quis evidenciar com esta mensagem foi o facto de a dita “Agricultura Biológica” afinal não é aquilo que muitos pensam ser… apenas e só.

    Quanto à Permacultura… o tempo que há-de vir será mais propício a ela… disto não tenho dúvidas.

    Quanto aos lifosato e atrazina… quem não gosta de uma soja, um açúcar, um milhinho com “cheirinho”?!?!?

    Responder

Escrever um pensamento...

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: