106…

Gases com Efeito de Estufa (GEE), são substâncias gasosas que absorvem parte da radiação infra-vermelha, emitida principalmente pela superfície terrestre, e dificultam a sua fuga para o espaço.

São eles, pela ordem de importância:

1º Vapor de Água (H2O(g))
2º Dióxido de Carbono (CO2)
3º Metano (CH4)
4º Ozono Troposférico (O3)
5º Óxido Nitroso (NO)
6º Gases Sintéticos (CFC’s)
7º Monóxido de Carbono (CO)

A Atmosfera

Vapor de Água: é uma faca de dois gumes. Se por um lado é o que se encontra na atmosfera em maior abundância potenciando desta forma o efeito de estufa, pelo outro essa maior abundância propicia a formação de mais nuvens(via condensação), nuvens essas que irão reflectir maior quantidade de energia vinda do sol. Como a nível cientifico não existe informação suficiente nem estudos que compreendam em profundidade este ciclo, este é sem dúvida um dos gases que vai merecer por parte da comunidade cientifica a sua atenção no futuro próximo, pois à medida que a atmosfera aquece maior será a abundância dele no sistema climático.

O Dióxido de Carbono… dispensa apresentações CO2… a sua concentração na atmosfera tem vindo a crescer continuamente… ficam a seguir diferentes gráficos para melhor percepção…
Para terem uma melhor ideia da localização das estações cliquem nos links “Local” (Precisam de ter instalado o Google Earth, depois de clicar na janela de gestão de download pedir para abrir com o Google Earth)

Local

Dispenso-me de fazer mais comentários a estes gráficos!
O Metano, é um gás extremamente eficaz na absorção de radiação, existe na atmosfera em menor concentração da que a do CO2, e seu tempo de vida na atmosfera é breve, de 10-12 anos, quando comparado com os outros gases.
Ficam igualmente de seguida gráficos das mesmas estações:

 
 
 
O Ozono, resulta da interacção do O2 e da radiação ultravioleta na estratosfera, onde é criada a chamada camada de ozono (ver imagem da atmosfera). Desta camada, uma pequena percentagem do ozono aí existente desce naturalmente para a superfície terrestre. No entanto desde o século XX este ozono troposférico tem vindo a ser complementado com ozono criado pelo homem (veículos, fábricas, fogos). Este ozono é o principal contribuidor para o smog fotoquimicio. É considerado pelo IPCC como o 3º mais importante GEE

continua em mensagem futura

Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

4 comentários

  1. Depois de ter visto este seu post, só me apetece partilhar este texto do blogue Irrealidade Prodigiosa, que está de uma lucidez fora de série!… Se tiver tempo, voz 0 db… vale a pena. :))

    «Há dias vi um programa que recreava a primeira viagem a Marte. Costumava olhar para estes programas com um sentimento de prazer que vinha de um orgulho pela capacidade criativa da Humanidade, uma das razões pelas quais aprecio viver. Mas dei comigo a ver o programa e a ter uma sensação algo diferente.

    Como é sabido a institucionalização das Ciências Sociais deu-se durante o século XIX. Com essa institucionalização pretendia-se resolver problemas políticos e sociais de uma forma “científica”, o que na altura significava cientismo e determinismo.

    A consagração das Ciências Sociais na Academia ocorreu, assim, como uma espécie de prestação de serviços ao poder. Uma assessoria científica à governação, que permitiu e incentivou o aparecimento de estruturas a elas dedicadas nas principais universidades europeias.

    Foram tempos de determinismo. De um determinismo útil para o controlo tecnocrático dos movimentos sociais e políticos de mudança.

    O século XX foi, em boa medida, um século bipolarizado entre a crescente afirmação dos determinismos de 1ª e 2ª geração (estes últimos nados bem dentro de novecentos) e o seu combate, através da defesa do particular, do criativo, do espaço de acção individual e espontânea, em suma da humanidade. A tecnocracia, contudo, foi-se impondo e tudo contaminando. E, na sua florescente e afirmativa radicalidade, foi fortalecendo um ideal mais antigo, iniciado na adolescência da modernidade: o Ideal do Progresso Ilimitado (A irrealidade prodigiosa da modernidade).

    Este ideal tomou mentes e sistemas. Crescer, aumentar, acelerar, mais, tornaram-se palavras associadas a um ideal de vida, pessoal, grupal ou institucional. A bola de neve cresceu e estamos chegados ao ponto já não de controlo, mas de um descontrolo tecnocrático. E perante os problemas do “gigantismo”, muitos respondem com o fugir para a frente, ou seja, tentar crescer ainda mais, acelerar ainda mais, numa dinâmica que, não me canso de dizer, é menos própria do homem e mais da sua tecnologia.

    Acontecimentos como os de Copenhaga, que se pretendia uma unidade de concepção de travões e de iluminação das consciências sobre os limites do ilimitado, parecem não estar a funcionar. Parece que não nos resta senão continuar a fugir em frente, qual nuvem de gafanhotos, e ultrapassar as fronteiras do planeta, como um dia ultrapassámos as dos oceanos. Espaço aqui vamos nós.»
    Publicada por A.C.Valera em 09:07
    domingo, 13 de Dezembro de 2009

    Responder
  2. AHH O nome do artigo, desculpe mas esqueci-me, é:
    PIGS IN SPACE. :))

    Responder
  3. A cara Fada pensa que os EUA estão a investir triliões em exploração espacial (desde Missões a Marte, Vénus, Júpiter e agora, novamente à Lua em busca de água) porquê? Já sabem que mais dia menos dia têm que se por a andar daqui para fora, e quem melhor para ir parasitar outros Planetas que não os Americanos.

    Responder
  4. O CERN na Suíça também não pára e de certeza, que os europeus têm as mesmas aspirações… os chineses para lá caminham… enfim estão todos para o mesmo lado, fugir em frente. Bota pra bingo!
    Mas realmente, o melhor é irem os americanos na frente!

    Responder

Escrever um pensamento...

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: